in

Ponto fraco do Internacional é exposto e Tiago Nunes deve explorar na final do Gauchão

Divulgação Athletico-PR

Grêmio e Internacional começam a decidir o Campeonato Gaúcho neste domingo (16), às 16h, no Estádio Beira Rio, em Porto Alegre. O jogo deve parar o estado dividido entre o vermelho e o azul. O Grêmio quer o tetracampeonato estadual na disputa contra o maior rival.

Publicidade

O Internacional não vence o Campeonato Gaúcho desde 2016, quando conquistou o sexto título seguido. Em 2017, o Colorado perdeu a taça para o Novo Hamburgo. Após três títulos do arquirrival, interromper essa série seria muito importante para o Inter.

Tiago Nunes, que chegou agora ao Grêmio, sabe disso e já prepara sua equipe para explorar o ponto fraco do arquirrival. Este ponto fraco é a quantidade de gols que o time comandado por Miguel Ángel Ramírez toma no segundo tempo. O problema foi escancarado na derrota por 2 a 1 para o Deportivo Táchira, no Estádio Pueblo Nuevo, pela Copa Libertadores da América.

Publicidade

Desde que o treinador espanhol assumiu o time, o Colorado sofreu 12 gols em 14 partidas. Desses, 10 foram sofridos na segunda etapa. Ou seja, 83,3% dos gols sofridos pelo Inter acontecem no segundo. Cinco deles, após os 30 minutos, já na reta final do duelo, o que dificulta a reação.

Publicidade

Tiago Nunes deve explorar essa dificuldade. Miguel Ángel Ramírez, por outro lado, tem que trabalhar a parte física e emocional da equipe para evitar estes gols tomados nas retais finais dos duelos. Com mais esse ingrediente, a final do Campeonato Gaúcho promete bastante. O jogo decisivo está marcado para o dia 23 de maio, na Arena do Grêmio, em Porto Alegre.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!