in

Reforço do São Paulo para 2021 não ganha a confiança de Crespo e já deve deixar o clube

Foto: Rubens Chiri/São Paulo FC

O técnico argentino Hernán Crespo chegou ao São Paulo no início de 2021 e em pouco tempo já revolucionou o estilo de jogo do tricolor. Crespo já conquistou o seu primeiro título no comando do São Paulo, desse modo o tricolor conseguiu sair de um longo jejum de 9 anos sem conquistar um caneco e um jejum de 16 anos sem conquistar o Campeonato Paulista.

Publicidade

O atacante Bruno Rodrigues chegou ao São Paulo para ser um reforço para a temporada de 2021, o jogador veio através de um empréstimo realizado pela Ponte Preta, naquele momento a diretoria do clube paulista entendia que o clube necessitava de reforçar o ataque pelas beiradas do campo. Contudo, Hernán Crespo não se encantou pelo futebol do atacante, assim Bruno Rodrigues jogou pouquíssimas vezes.

A comissão técnica entende que o estilo de jogo do atacante não se encaixa no perfil do São Paulo, Crespo enxerga que o jogador prende muito a bola sem necessidade, por isso caso o atleta seja envolvido em qualquer negociação o técnico argentino não medirá nenhum esforço para que Bruno Rodrigues continue no São Paulo.

Publicidade

O Botafogo monitora a situação do atacante no São Paulo, e caso realmente Bruno Rodrigues não seja aproveitado por Crespo o clube carioca tentará a contratação do jogador. Contudo, vale ressaltar que a decisão está nas mãos de Bruno Rodrigues, pois é ele que decidirá se aceita ir jogar a série B pelo Botafogo. Caso, Bruno Rodrigues busque mais minutos em campo o Fogão será o destino ideal, pois no time ele chegará com status de titular.

Publicidade

Bruno Rodrigues chegou ao São Paulo com um custo de 250 mil reais, caso o tricolor paulista opte pela permanência definitiva terá que desembolsar cerca de 1,2 milhão de euros (7,6 milhões de reais), entretanto, a compra do atacante está fora dos planos do São Paulo que ainda vive uma grave crise financeira.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade