in

Flamengo faz pedido à CBF, e resposta causa revolta na torcida

Divulgação / Torcida Flamengo

A torcida rubro-negra realizou, nesta terça-feira (01), uma manifestação contra a Confederação Brasileira de Futebol. Além da CBF, os amantes do Flamengo usaram faixas para protestar contra Rogério Caboclo e Tite.

Publicidade

Motivo dos Protestos

O que motiva os protestos é o fato da instituição ter negado o pedido da equipe carioca de pausar os torneios nacionais. Mesmo com a Copa América acontecendo no Brasil, a entidade decidiu que manterá o Campeonato Brasileiro durante a competição.

Publicidade

Diante dessa decisão, o clube da Série A se sentiu prejudicado. Ele pode sofrer com a ausência de alguns de seus principais nomes do elenco. O atacante Gabriel Barbosa, o lateral Isla, os meias Everton Ribeiro e Arrascaeta e o zagueiro Rodrigo Caio são os principais desfalques que time deve sofrer.

Publicidade

Além dos jogadores já citados, o clube ainda pode perder Gerson e Pedro, que compõem a seleção olímpica e podem ser convocados à equipe principal, diante de algum imprevisto. Claramente, o presidente Rodolfo Landim tem se preocupado com essa situação. Ele afirmou, em entrevista a Rádios Bandeirantes, que o Rubro-negro Carioca teve oito atletas integrados a seleção nas fases eliminatórias. Caso isso ocorra novamente, o diretor corre o risco de ficar sem os jogadores cerca de 40 dias.

Publicidade

Pandemia ainda não controlada

Em contrapartida a toda essa situação no Flamengo, ainda existe resistência da população em receber a Copa América no país. Isso porque o cenário de pandemia da Covid-19 ainda representa muita instabilidade. Os hospitais estão trabalhando com quase toda a sua capacidade e a vacinação contra o coronavírus está lenta. Além disso, muitos óbitos estão sendo confirmados diariamente.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Tatiane Braz

Estudante, escritora e apaixonada pela verdade, tenho como meta levar a notícia de forma clara e real. Amo ler e percebo a cada dia que um mundo melhor se faz quando o conhecimento que adquirimos é colocado em prática.