in

O dia em que o Grêmio virou assunto na imprensa do Paraguai

Lucas Uebel / Grêmio

Churín, atacante da equipe gremista, tem demonstrado todo seu incômodo com a situação atual no elenco. Só que a mídia paraguaia resolveu dar voz ao centroavante em um de seus últimos relatos e o Grêmio virou assunto na imprensa do país.

Publicidade

A chegada de Douglas Costa deu uma esfriada nos ânimos da diretoria do clube e causou um forte impacto na folha salarial do Grêmio. Churín teve algumas oportunidades para atuar, mas está longe de viver seus melhores dias.

Nessa pegada, o atacante deu uma entrevista na manhã desta segunda-feira, ao portal ‘Fútbol a lo Grande’, da imprensa paraguaia, nela o atleta reconheceu que está longe de seu melhor momento como jogador, mas enalteceu a capacidade do Grêmio em realizar novas conquistas, segundo o jogador, apesar de sua autocrítica, o elenco ainda é capaz de grandes realizações.

Publicidade

“Estou desconfortável e um pouco atrasado para ser o que quero aqui no Brasil. Ainda estou profundamente enraizado no futebol paraguaio, Villasanti e Lucena parecem já ter 100 camisas na seleção nacional, me deixa muito orgulhoso por ainda ser companheiro deles”, afirmou Churín ao falar com a imprensa local.

Publicidade

No último jogo do clube, o atleta voltou a conseguir uma chance para atuar, mas Churín não previu uma vida fácil para si no Grêmio e apontou a força do futebol brasileiro e enalteceu estar em uma equipe que disputa as principais competições: “É outro mundo estar aqui no Brasil, um time como o Grêmio que compete todas as copas, campeões mundiais, têm muita vantagem sobre os demais, estou aprendendo muito para a minha carreira”, disse ele, já prevendo as dificuldades em se manter como opção para a equipe.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Evandro

O mundo do entretenimento é a minha vida.