in

Goleada do São Paulo sobre o 4 de Julho é a 4ª maior na história da Copa do Brasil; ranking

Rubens Chiri - Divulgação - São Paulo

Após um revés surpreendente no jogo de ida, no Piauí, pelo placar de 3 a 2, o São Paulo não tomou conhecimento do 4 de Julho na noite da última terça-feira (8), e carimbou seu passaporte para a próxima fase da Copa do Brasil. Impiedoso, o time de Hernán Crespo atropelou o adversário da quarta divisão nacional, vencendo pelo placar de 9 a 1. 

Publicidade

O massacre entrou para hall de grandes goleadas registradas na história da Copa do Brasil. O triunfo elástico sobre os nordestinos fez com o que o São Paulo entrasse para o top-10 das vitórias mais expressivas no torneio copeiro, figurando na quarta posição no geral, igualando o feito do Internacional computado em 1993, quando o time sulista despachou o Ji-Paraná, pelos mesmos 9 a 1. 

O topo do ranking das goleadas na Copa do Brasil pertence ao Atlético-MG, marca que segue intacta há 30 anos. Diante de outro piauiense, o Caiçara, o Galo mineiro emplacou um triunfo de 11 a 0. 

Publicidade

Susto no início

Apesar do passeio Tricolor, o duelo no Morumbi começou preocupante para os paulistas. Com apenas 30 segundos de jogo, Dudu Beberibe abriu contagem para o 4 de Julho, aumentando a vantagem dos piauienses. Contudo, a reação do São Paulo foi imediata, com a virada por 3 a 1. Na segunda etapa, os donos da casa deslancharam de vez, emplacando o sonoro 9 a 1.

Publicidade

CONFIRA O TOP-10 DE GOLEADAS NA COPA DO BRASIL:

Publicidade
  • Atlético Mineiro 11 x 0 Caiçara-PI – 28/02/1991 (1ª fase)
  • São Paulo 10 x 0 Botafogo-PB – 28/03/2001 (1ª fase)
  • Santos 10 x 0 Naviraiense-MS – 10/03/2010 (1ª fase)
  • São Paulo 9 x 1 4 de Julho-PI – 08/06/2021 (3ª fase)
  • Internacional 9 x 1 Ji-Paraná-RO – 06/04/1993 (1ª fase)
  • Sergipe 0 x 8 Palmeiras – 28/02/1996 (1ª fase)
  • Vasco da Gama 8 x 0 Picos-PI – 10/02/1998 (1ª fase)
  • Portuguesa 8 x 0 Kaburé-TO – 04/03/1997 (1ª fase)
  • Flamengo 8 x 0 Kaburé-TO – 26/04/1995 (1ª fase)
  • Interporto-TO 0 x 8 Bahia – 15/03/2000 (1ª fase)

Histórico para o Morumbi

A vitória elástica sobre o 4 de Julho ainda entrou para a história como a segunda maior na história do Morumbi, ficando atrás somente do triunfo por 10 a 0 aplicado diante do Botafogo-PB, na Copa do Brasil de 2001. 

Publicidade
Publicidade
Publicidade