in

Ex-goleiro de Palmeiras e Santos, Aranha é internado na UTI com Covid-19; pulmões estão comprometidos

Ivan Storti - Divulgação - Santos

O ex-goleiro Aranha se encontra internado no Hospital das Clínicas, em Pouso Alegre, Minas Gerais, após apresentar complicações oriundas da Covid-19. A informação foi confirmada nesta tarde (10) pelo portal UOL.

Publicidade

A situação do ex-jogador é classificada como complicada, uma vez que ele apresenta 50% de comprometimento dos pulmões e foi diretamente internado em um leito de Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Apesar deste quadro, Aranha não precisou ser intubado.

Aranha vem utilizando um cateter respiratório para receber oxigênio, em dose máxima. De acordo com o UOL, a família do ex-jogador está abalada com a situação. A unidade hospitalar em que ele está internado alegou que não poderia comentar sobre o estado de saúde do paciente por conta do sigilo obrigatório. 

Publicidade

Carreira

Aranha teve uma intensa identificação com a Ponte Preta, onde despontou para o futebol, e acumulou duas passagens. Além do time campineiro, o arqueiro passou por equipes como Palmeiras, Santos, Atlético-MG, Joinville. Antes de “pendurar as luvas”, o jogador defendeu o Avaí, encerrando sua trajetória no futebol em 2018.

Publicidade

Ao longo da carreira, Aranha acumulou títulos importantes como o Mineiro (2010), Paulistão (2011 e 2012), Copa Libertadores (2011), Recopa Sul-Americana (2012) e Copa do Brasil (2015). 

Publicidade

Em 2014, o arqueiro foi vítima de um episódio de racismo. Em uma partida contra o Grêmio, em Porto Alegre, pela Copa do Brasil o jogador, na época no Santos, foi hostilizado. Imagens da transmissão flagraram uma torcedora chamando o goleiro de “macaco”. As ofensas de cunho racista culminaram na eliminação da equipe gaúcha da competição. 

Publicidade
Publicidade
Publicidade