in

Messi já teria decidido onde terminar a carreira; e não é no Barça

Astro argentino do Barça só vai assinar novo contrato após o final da Copa América.

Lionel Messi - Youtube

Lionel Messi continua com seu futuro indefinido. A estrela do Barcelona terminou seu contrato com o clube de toda a vida e partiu para a seleção argentina sem renovar um novo vínculo. Porém, tudo indica que Messi não vai falhar ao presidente Joan Laporta e acabará assinando por mais algumas temporadas com o Barça. A renovação só vai acontecer após a Copa América, de acordo com o portal Don Balón.

Publicidade

Messi vai renovar seu contrato com o Barça

As conversações entre Messi e Laporta continuam, mas estão demorando mais do que a torcida esperaria. Tudo isso causa algum nervosismo extra, com vários torcedores temendo que o argentino bata mesmo com a porta e deixe o Camp Nou depois de todos esses anos. Laporta teria jogado uma cartada importante ao contratar Aguero, um dos melhores amigos de Messi.

A chegada de Aguero teria convencido Messi a continuar no Barça. Porém, ele não vai ficar com um contrato vitalício, como já muito se falou. O capitão do time deve seguir o exemplo de seus antecessores, Xavi Hernández e Andrés Iniesta. Messi deve deixar o Barça quando sentir que não está mais no nível elevado que o time precisa, e, então, ele se comprometerá com outro time, como aconteceu com as outras lendas do Barça, anos atrás.

Publicidade

Messi escolhe Miami para terminar carreira

De acordo com o Don Balón, Messi vai renovar somente até 2023. Ou seja, ele pensa fazer mais duas temporadas na Liga espanhola. Depois, ele vai embora do futebol europeu. Em 2023, Messi estará completando 36 anos e esse será o momento para ele se aventurar na Liga americana.

Publicidade

Messi vai aceitar o convite de David Beckham para se mudar para os Estados Unidos, ingressando na nova franquia da Liga, a Inter Miami. Lá, ele poderia reencontrar seu amigo Higuaín. Porém, Beckham teria mais novidades para o time, incluindo Luis Suárez. Os dois amigos poderiam jogar novamente juntos. Depois de formarem uma parceria de sucesso no Barça, Messi e Suárez poderiam se juntar no ataque da Inter Miami.

Publicidade

Esse seria o plano de Messi para o seu final de carreira, levando sua família para Miami e reencontrando seus amigos, em uma Liga onde ele poderia relaxar mais e aproveitar seus últimos anos no futebol, sem toda a pressão do Barça e do futebol europeu.

Publicidade
Publicidade
Publicidade