in

Palmeiras negocia venda de atacante para equipe colombiana

Palmeiras está disposto a negociar atacante para equipe colombiana; há outras equipes interessadas

Divulgação/Cesar Greco - Instagram Oficial do Palmeiras

O Plameiras sofreu uma amarga derrota na última quarta-feira (09) pela Copa do Brasil. O verdão após vencer fora de casa a equipe do CRB por 1 a 0, no jogo de volta no Allianz Parque sofreu uma derrota por 1 a 0 e perdeu para a equipe da Série B nos pênaltis. Com essa derrota o Palmeiras deixou de ganhar 2,7 milhões de reais, premiação recebida pelos times que se classificaram para a próxima fase.

Publicidade

Além dessa premiação, a equipe do Palestra Itália deixou de ganhar novas premiações caso avançasse para as próximas fases e de conquistar um possível bicampeonato da Copa do Brasil. A diretoria contava que o Palmeiras chegasse pelo menos nas quartas de finais e arrecadasse pelo menos mais 6,15 milhões.

Publicidade

Atacante do Palmeiras a ser vendido

Passando por uma boa fase nesta temporada na Colômbia, Miguel Borja, de 28 anos, está no time do Júnior Barranquilla desde 2020 e seu contrato de empréstimo é válido até o final de junho deste ano.

Publicidade

O Palmeiras não está interessado em repatriar o atacante, com isso ele será negociado e sua venda não será dificultada pela diretoria alviverde. Uma primeira tentativa de compra pelo time colombiano foi feita, porém foi rejeitada pela diretoria palmeirense.

Publicidade

Há outras equipes interessadas pelo jogador e entram em concorrência pelo atacante. O Boca Juniors fez uma consulta sobre os valores ao seu empresário e mostrou interesse em adquirir o atacante. Outros clubes da Turquia e do México também mostraram interesse e propostas oficiais devem chegar para o Palmeiras em breve.

Dados de Miguel Borja

O atacante mostrou recentemente sua vontade de permanecer em Barranquilla, após o jogo contra a seleção Argentina o jogador disse que sua vontade era de permanecer no seu atual clube. Na temporada deste ano, Borja marcou 15 gols em 24 partidas disputadas pela sua equipe e pela Seleção da Colômbia.

Após ser considerado o melhor jogador da América do Sul em 2016, Borja foi comprado por 34 milhões de reais em 2017 e o atacante não se adaptou ao futebol brasileiro. Agora o Palmeiras deseja conseguir algum retorno com sua venda para reduzir este prejuízo.

Publicidade
Publicidade
Publicidade