in

Diretoria do Corinthians ‘bate o martelo’ e define situação com o volante Camacho

O jogador corinthiano chama atenção do Santos e a diretoria não deve impor muitas dificuldades para acertar sua transferência.

CORINTHIANS TV

A diretoria do Corinthians está fazendo o possível para amenizar as dificuldades financeiras que o clube está enfrentando nesse momento. Gastos desnecessários estão sendo cortados pelo presidente Duílio Monteiro Alves, que vem trabalhando forte nisso.

Publicidade

A alternativa encontrada para diminuir ainda mais as despesas do clube foi a redução na folha salarial. Estimava-se que o Timão tinha uma folha de aproximadamente R$ 14 milhões no final da temporada passada, mas esse valor deve ficar perto de R$ 11 milhões no próximo mês.

Além das iminentes saídas de Jemerson, Otero e Ramiro, a alta cúpula alvinegra vem negociando a saída do volante Camacho, que chama atenção do Santos. O Peixe busca a contratação do atleta após o interesse de Fernando Diniz, que já trabalhou com o jogador em outras ocasiões.

Publicidade

Segundo as informações divulgadas pelo GE, a direção alvinegra decidiu que vai liberar o volante sem impor muitas condições ao rival da Baixada Santista. Camacho vai reforçar o Santos após a rescisão de contrato com o Timão, de forma amigável, sem burocracias.

Publicidade

Lembrando que o atual contrato do jogador com o Timão tem validade até 2022. Mesmo sendo utilizado em determinados momentos por Sylvinho, o volante parece não ter agradado muito e o treinador conta com várias opções para o setor em seu elenco.

Publicidade

Estima-se ainda que a diretoria do Corinthians possa impor uma pequena condição ao Santos, como alguma troca em outro jogador. Uma compensação financeira não está descartada, mas isso dificilmente acontecerá, já que o Peixe está passando por um momento conturbado financeiramente.

Camacho chegou ao Timão em 2016, após um pedido feito pelo técnico Tite, hoje na Seleção. No entanto, o volante não conseguiu se firmar como titular e acabou sendo emprestado ao Athletico Paranaense, com um vínculo de duas temporadas.

De volta ao Timão, o jogador soma 123 partidas disputadas com o manto alvinegro e marcou apenas três gols. Seu melhor momento no clube paulista aconteceu em 2017, com as conquistas do Brasileirão e Paulistão.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Vinicius Araújo

Redator i7 Network - Notícias do mundo do futebol.