in

Para cortar gastos, medalhão será negociado pelo Corinthians; Sylvinho deu permissão

Técnico do Corinthians deu permissão para a diretoria negociar um dos medalhões do elenco; intenção é cortar os gastos.

CORINTHIANS TV

A diretoria do Corinthians continua com a intenção de cortar gastos para evitar problemas futuros, como o aumento incontrolável de sua dívida, que nesse momento ultrapassa os R$ 900 milhões. Desta forma, mais jogadores do elenco devem ser negociados no decorrer da temporada,

Publicidade

O que mais preocupa é o baixo potencial do clube em buscar novos reforços no mercado da bola. Essa situação atinge principalmente no desempenho dentro de campo, pois o atual plantel de Sylvinho é limitado tecnicamente e vem enfrentando dificuldades no Brasileirão.

Para evitar prejuízos e ter a possibilidade de contratar novos jogadores a partir do segundo semestre, a alta cúpula alvinegra deve se desfazer de atletas pouco utilizados pelo treinador. Sendo assim, grandes medalhões correm o risco de deixarem o clube.

Publicidade

Quem não ficará no Corinthians nesta temporada é o meio-campista Rómulo Otero. O venezuelano não agradou à direção alvinegra durante o período de empréstimo e seu vínculo não será estendido. Lembrando que o contrato é válido somente até o final de junho.

Publicidade

Quem está monitorando a situação do meio-campista é o Vasco da Gama. Segundo as informações divulgadas pelo Torcedores.com, o clube carioca viu o atleta ser oferecido através de empresários, mas uma proposta oficial não foi realizada.

Publicidade

Além de estar no radar do Vasco, o meia venezuelano também é visualizado no futebol exterior. No momento, algumas equipes da Major League Soccer estão atentas à situação do atleta e uma oferta pode surgir nos próximos dias.

Lembrando que Otero chegou ao Corinthians após ficar em baixa no Atlético-MG. Ele chegou a ter diversas oportunidades no time titular alvinegro, ainda sob o comando de Vagner Mancini. No entanto, seu desempenho dentro de campo deixou a desejar e uma renovação está totalmente descartada.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Vinicius Araújo

Redator i7 Network - Notícias do mundo do futebol.