in

São Paulo pode ter retorno de emprestados e nomes devem ser avaliados

O Sport quer devolver jogadores emprestados ao Tricolor paulista, que avalia nomes

Foto: Érico Leonan/saopaulofc

Mesmo durante a metade da temporada é comum que alguns times decidam se desfazer de jogadores ou devolver atletas emprestados às suas equipes de origem. O São Paulo, por exemplo, possui um total de 12 atletas emprestados a outros clubes do futebol brasileiro, mas alguns deles podem definitivamente retornar e compor o elenco comandado por Hernán Crespo.

Publicidade

Entre os emprestados estão os goleiros Junior e Jean, o lateral Júnior Tavares, os volantes Hudson, Rafael, Tchê Tchê e Marcos Júnior, os meias Danilo Gomes e Pedro Oliveira, além dos atacantes Toró, Helinho e Tréllez.

Emprestados serão avaliados no São Paulo

Publicidade

Alguns atletas que estavam emprestados até a metade do presente ano retornam ao São Paulo. Shaylon, que estava no Goiás em 2020, e Everton Felipe, que estava no Atlético-GO, retornaram de empréstimo e seguem sendo avaliados pela comissão técnica.

Publicidade

Com um grande número de jogadores repassados a outros clubes, as avaliações devem se manter à medida que atletas retornam de seus empréstimo, ou mesmo são devolvidos pelos clubes por onde atuam no momento.

Publicidade

Estes são os casos do atacante Toró e do lateral-esquerdo Júnior Tavares, ambos do Sport. De acordo com informações apuradas pelo jornalista Antonio Gabriel, da Rádio Jornal, de Recife, a equipe pernambucana planeja devolver a dupla à equipe paulista. A decisão parte de uma avaliação da comissão técnica.

De acordo com o jornalista, Sport e São Paulo mantêm conversas diárias para decidir como proceder com a devolução dos atletas. O grande entrave no momento fica por conta de Júnior Tavares, que mantém sintomas gripais mesmo após o teste negativo para Covid-19. A suspeita é de que o lateral esteja com um possível quadro de Chikungunya.

Publicidade
Publicidade
Publicidade