in

Grêmio ganha ‘pausa para respirar’ e corrigir problemas

O técnico Tiago Nunes terá uma verdadeira ‘colher de chá’ para corrigir atuais problemas da equipe

Reprodução: Lucas Uebel/Grêmio

Com diversos problemas para serem corrigidos, o Grêmio ganhará uma ‘colher de chá’ para acertar a equipe para os próximos jogos da temporada. Contando com um calendário apertado desde o início da temporada de 2021, o Tricolor, enfim, terá uma folga para trabalhar a equipe e corrigir os erros das últimas rodadas.

Publicidade

Sem a partida contra o Cuiabá no final de semana, o Grêmio ganhará essa “breve pausa” para conseguir dar sequência ao trabalho e evoluir a equipe na busca pela remontada no Campeonato Brasileiro. Com isso, o Grêmio terá uma semana intensa de treinos, com a diferença de sete dias entre a derrota para o Sport para o confronto contra o Santos, na Arena.

Tiago Nunes prepara Grêmio para enfrentar o Santos

Mudanças, inclusive, devem acontecer, visto que o desempenho da equipe tem caído vertiginosamente nas últimas rodadas. Com isso, Tiago Nunes deve usar os sete dias livres para aprimorar a equipe e desenvolver taticamente o time.

Publicidade

O vice-presidente de futebol do Grêmio, Marcos Herrmann, viu com alívio o adiamento da partida contra o Cuiabá e o tempo para trabalhar a equipe para a partida contra o Santos. “Foi muito bom por termos uma semana inteira para trabalhar, para ter calma, a oportunidade de organizar o que não está dando certo“, disse Herrmann, em entrevista à rádio GreNal na tarde deste sábado (19).

Publicidade

Apesar de não ser a solução, a “pausa” servirá para o Grêmio corrigir os problemas atuais da equipe, que vem em um momento ruim na temporada, somando três derrotas em três jogos do Brasileirão, além de não conseguir marcar gols há três partidas seguidas.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade