in

Grêmio defende sequência para Paulo Victor e faz elogio ao goleiro

Em entrevista à rádio GreNal, Marcos Herrmann saiu em defesa de Paulo Victor como goleiro do Grêmio.

Reprodução: Lucas Uebel/Grêmio

O Grêmio tem um problema nas mãos, literalmente, para as próximas semanas (e até meses). Isso porque o goleiro titular, Brenno, foi convocado por André Jardine para integrar o grupo de jogadores que disputarão as Olimpíadas de Tóquio, no Japão.

Publicidade

Com isso, o Grêmio ficará sem seu goleiro titular por até nove jogos, incluindo um GreNal e as oitavas de finais da Copa do Brasil e da Copa Sul-Americana. Por conta das ausências de Brenno, o Grêmio decidiu resgatar o experiente goleiro Paulo Victor, de 34 anos, que foi colocado como negociável pela equipe no início da temporada.

A decisão, no entanto, não foi vista com bons olhos pela torcida. Os dirigentes e a comissão técnica, porém, aprovaram o jogador e planejam sequência ao goleiro.

Publicidade

Dirigente do Grêmio defende Paulo Victor.

Já na coletiva pós-jogo contra o Sport, Tiago Nunes defendeu Paulo Victor das críticas, afirmando que o jogador não falhou no gol que deu a vitória ao Sport por 1 a 0. O vice-presidente de futebol do Grêmio, Marcos Herrmann, em entrevista à rádio GreNal, fez coro ao treinador do Tricolor e defendeu o atleta das críticas.

Publicidade

Durante a entrevista, Herrmann justificou a opção por Paulo Victor no gol do Grêmio. “Na nossa análise interna, nos nossos scouts (dados), ele está no mesmo nível dos outros goleiros em atividade no Brasil“, elogiou o dirigente, que apontou o goleiro do Grêmio apenas atrás de Weverton, do Palmeiras, e Santos, Athletico-PR.

Publicidade

Questionado sobre a titularidade do Paulo Victor, o dirigente foi enfático. “A utilização dele é uma decisão da comissão técnica. Eu não escalo o time, eles optam por quem está se destacando nos treinamentos“, destacou Herrmann.

Publicidade
Publicidade
Publicidade