in

Grêmio mira meia da seleção uruguaia como solução

Com problemas na armação das jogadas da equipe, o Grêmio vai ao mercado

(Reprodução/Twitter/@facutorres)

Com problemas severos no meio-campo, o Grêmio deve se lançar ao mercado após a abertura da janela de transferências, em agosto. Pensando em reforçar a equipe de jogadores, o Tricolor já sondou alguns nomes para o meio de campo, entretanto não passou apenas de especulação.

Publicidade

Foi o caso, por exemplo, de Alex Teixeira, cotado pelo Grêmio nos bastidores, mas jamais confirmado publicamente pelo clube. Em entrevista à rádio Grenal, no sábado (20), o vice-presidente de futebol, Marcos Herrmann, confirmou que o Grêmio procurou um meia-atacante antes da janela fechar, mas rechaçou Alex Teixeira. “Nós chegamos a olhar antes do fechamento da janela de transferências e não achamos o que queríamos. Nunca procuramos o Alex Teixeira, porque ele não quer voltar para o Brasil”, disse.

Grêmio mira destaque do Uruguai

Com a equipe em crise, sobretudo pelos problemas na armação de jogadas, o Grêmio procura um meia capaz de organizar o jogo no meio-campo tricolor. A bola da vez no clube é Facundo Torres, meio-campista uruguaio de 21 anos, que atualmente joga pelo Peñarol, do Uruguai, e está com a delegação de seu país para a disputa da Copa América.

Publicidade

As informações foram apuradas pelo colunista da GaúchaZH, Pedro Ernesto Denardin, em artigo publicado nesta segunda-feira (21). O Grêmio ainda não se manifestou publicamente sobre o interesse ou não no meia uruguaio.

Publicidade

Com grande capacidade de organização de jogadas, Facundo Torres é o destaque do Peñarol na atual temporada. Brilhando na sul-americana, o jogador acumula excelente números na competição, e é tido como um dos melhores do torneio continental.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade