in

Destaque do Grêmio sentiu muito os efeitos da Covid-19

Após ficar afastado pela Covid-19, principal destaque do Grêmio na temporada voltou abaixo do esperado.

(Lucas Uebel/Grêmio)

Os efeitos da Covid-19 ainda são desconhecidos a longo prazo, principalmente para os profissionais do futebol. No entanto, alguns atletas acabam sentindo os efeitos físicos da infecção muito mais do que outros. Afastado recentemente por conta do diagnóstico positivo da Covid-19, o atacante Ferreira voltou abaixo do seu rendimento natural depois do isolamento social.

Publicidade

Apesar de ser algo compreensível e dentro do trabalho de Reverson Pimentel, preparador físico do Grêmio, o jogador apresentou um declínio físico depois do exame positivo para a doença.

Grêmio tenta recuperar condição de Ferreira

Antes do diagnóstico positivo, Ferreira vinha empilhando gols, sendo decisivo com assistências e visto como uma grande preocupação para as defesas adversárias. Depois de seu retorno do isolamento social, o jogador teve um claro declínio físico e, consequentemente, técnico, visto que não marcou gols e nem deu assistências nas últimas partidas.

Publicidade

O atacante, segundo informou o repórter João Batista Filho, em seu canal no YouTube, não está 100% e ainda tenta retomar sua forma física ideal de antes do isolamento social. Um trabalho especial de Reverson Pimentel está sendo conduzido internamente para trazer de volta a condição física ideal de quem acaba afastado pela Covid-19.

Publicidade

Em contato com a reportagem da GaúchaZH, o profissional detalhou o trabalho feito pela equipe. “O maior adversário não apenas do Grêmio, mas no futebol atualmente se chama covid. A covid tem uma resposta para cada atleta, para cada pessoa”, disse Reverson. “A covid te deixa 10 dias trancado e isolado. Não demora só um jogo ou dois, demora um tempo maior”, completou.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade