in

De saída? Empresário de medalhão do Grêmio fala sobre futuro do atleta na equipe; time da Série A está de olho

Tricolor recebeu consultas recentes para saber da situação do atleta de 34 anos.

Lucas Uebel - Divulgação - Grêmio

A situação do lateral-esquerdo Bruno Cortez segue indefinida. Fora até mesmo da lista dos relacionados dos dois últimos compromissos do Imortal, o jogador tem conhecimento que dificilmente terá seu vínculo, que vence no final deste ano, renovado. Diante disso, o atleta já pode assinar um pré-contrato com qualquer outra equipe e deixar o Tricolor em dezembro de graça.

Publicidade

Sem saber se permanecerá no time sulista até o término do contrato, Cortez aguarda a situação se resolver. Recentemente, o Bahia se mostrou interessado, e buscou informações do lateral, mas as tratativas não evoluíram. 

Em entrevista à Gaúcha ZH, o empresário do atleta, Flávio Trivella, explicitou o descontentamento com o cenário de incógnita vivenciado, e cobrou uma postura do Tricolor. 

Publicidade

“O Grêmio precisa se posicionar claramente e dizer a sua intenção com o Cortez, senão a vida dele tem de seguir. Para mim, está claro que o Grêmio quer priorizar outros jogadores. O jogador vai seguir trabalhando firme e honrando o contrato dele com o clube”, disse Trivella. 

Publicidade

Preterido

Cortez tem ficado de fora dos últimos jogos do Grêmio por opção técnica de Tiago Nunes. Diogo Barbosa assumiu a titularidade na posição, enquanto Guilherme Guedes, vem aparecendo bem, e tem figurado como suplente no banco de reservas.

Publicidade

Nas últimas semanas, o Bahia monitorou a situação do lateral no Grêmio, mas as movimentações pararam por aí, uma vez que a diretoria do Tricolor não aceitaria emprestar o jogador até o final do ano sem receber uma compensação financeira, tendo em vista que ele ficaria livre no final do ano. 

Além de não manifestar interesse na renovação contratual do jogador, o Grêmio não conta com nenhuma proposta oficial por Cortez em mãos, o que deve postergar a “novela” por mais alguns meses. 

Publicidade
Publicidade
Publicidade