in

Tiago Nunes balança no Grêmio, torcida pressiona e técnico recebe ultimato

A derrota para o Juventude colocou ainda mais pressão no ambiente do Grêmio.

(Lucas Uebel/Grêmio)

A derrota para o Juventude aumentou ainda mais a pressão no técnico Tiago Nunes, que enfrenta duras críticas dos torcedores gremistas nas redes sociais e nas ruas de Porto Alegre. Com faixas espalhadas pela capital, a torcida pede a demissão de Tiago Nunes, que recebeu um voto de confiança da diretoria por uma remontada no Brasileirão 2021, mas também ouviu um ultimato.

Publicidade

Tiago Nunes sob pressão no Grêmio

Durante sua coletiva pós-jogo, Tiago Nunes lamentou o resultado e a atuação da equipe na noite de quarta-feira (30). Após nova derrota, o treinador acabou recebendo um ultimato do presidente Romildo Bolzan para o próximo jogo, diante do Atlético-GO, na Arena. “Ou ganhamos um jogo ou começamos de novo o trabalho“, disse o presidente.

Nas redes sociais, a torcida pede a saída do técnico e não poupa críticas ao baixo desempenho tático demonstrado pelo Grêmio nos últimos jogos. Tiago Nunes garantiu, na coletiva, compreender a insatisfação do torcedor no momento de turbulência vivido atualmente. “Encaro com naturalidade, faz parte do futebol, é algo comum. Respeito a opinião deles (torcedores) e eu tenho que trabalhar para vencer”, disse Tiago.

Publicidade

Ainda que tenha recebido um ultimato, Tiago teve seu trabalho elogiado por Marcos Herrmann, que concedeu entrevista anteriormente, e pelo próprio presidente Romildo Bolzan. “O trabalho é bom, mas o resultado não”, destacou o presidente, que não quis falar em demissão da comissão técnica.

Publicidade

O próximo confronto, diante do Atlético-GO, será decisivo para a permanência ou demissão de Tiago Nunes no Grêmio. Um novo tropeço pode encerrar o trabalho do treinador na Arena.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade