in

Atletismo: delegação brasileira em Tóquio será a 2ª maior na história

Equipe tem jovens apostas entre homens e experiência no feminino.

© Wagner Carmo/CBAt (Agência Brasil)

A Confederação Brasileira de Atletismo (CBAt) anunciou nesta quinta-feira (1º), em entrevista coletiva, os atletas que representarão o país nas disputas da modalidade na Olimpíada de Tóquio (Japão). A delegação reúne 51 integrantes e será a segunda maior do Brasil na história do evento, menor somente que a dos Jogos do Rio de Janeiro, em 2016, quando foram 67 convocados.

Publicidade

A equipe reúne 31 homens e 20 mulheres. A delegação masculina é formada, na maioria (58,1%), por atletas estreantes em Olimpíada. O grupo feminino, por sua vez, é mais experiente: 61,9% das convocadas já estiveram em alguma edição dos Jogos.

A lista foi anunciada após a World Athletics (federação internacional de atletismo) fechar o ranking mundial por pontos. A meta da CBAt, segundo o diretor executivo Cláudio Castilho, é que o Brasil alcance, pelo menos, 13 finais na Olimpíada.

Publicidade

Destaques

O atletismo brasileiro chega a Tóquio com três atletas entre os dez primeiros do ranking mundial nas respectivas provas. Entre os homens, o principal nome é Alison dos Santos, dono da terceira melhor marca do mundo nos 400m com barreiras (47s38), atingida justamente nesta quinta, na etapa de Oslo (Noruega) da Liga Diamante, mais importante circuito internacional da modalidade. “Piu”, como ele é chamado, quebrou o recorde sul-americano e ficou atrás somente do norueguês Karsten Warholm – que, inclusive, estabeleceu o novo recorde mundial (46s70).

Publicidade

O outro top dez masculino é Thiago Braz, campeão olímpico do salto com vara na Rio 2016, que ocupa o sétimo lugar no ranking da prova. Na última quarta-feira (30), ele saltou 5,82m em uma competição em Bydgoszcz (Polônia), obtendo o melhor resultado em 2021, dois centímetros acima da marca anterior. Há cinco anos, Braz conquistou o ouro olímpico superando os 6,03m.

Publicidade

No feminino, o destaque é Núbia Soares, sexta do mundo no salto triplo com marca de 14,68 metros. O resultado foi alcançado na última terça-feira (29), em um torneio realizado em Castellón (Espanha), no último dia do prazo estipulado pela World Athletics para obtenção de índices.

Além deles, o Brasil tem a equipe de revezamento 4x100m com a quarta melhor marca da prova em 2021. No Mundial de Revezamentos de maio, em Chorzow (Polônia), o quarteto formado por Rodrigo Nascimento, Felipe Bardi, Derick de Souza e Paulo André de Oliveira cravou 38s45 na semifinal. Além dos quatro, a equipe do 4x100m será composta por Jorge Henrique Vides em Tóquio.

Mudança

A relação apresentada inicialmente contava com 52 convocados. Em divulgação posterior, já não constava o nome de Fernanda Borges, do lançamento de disco. Nesta quinta-feira, a Athletics Integrity Unit, ligada à World Athletics, informou que a brasileira estava suspensa provisoriamente por doping. Ela testou positivo para a substância proibida Ostarine (modulador metabólico) em exame realizado em 21 de maio.

Em nota, a CBAt disse ter sabido da suspensão “de modo informal, após a coletiva de anúncio da seleção olímpica, por meio de publicação no Twitter e no site da Athletics Integrity Unit”. Afirmou, também, que a punição ainda não havia sido formalizada à entidade até 17h40 desta quinta.

Logística

As duas maiores partes da delegação embarcam para a cidade japonesa de Saitama nos próximos dias 16 e 17, saindo de Brasil e Portugal, respectivamente, para começar a aclimatação no país-sede dos Jogos a partir do dia 18. Os demais convocados viajam ao Japão direto de locais de treinamento onde estarão, em Espanha, Itália, Alemanha, Suíça e Equador.

Os atletas só terão acesso à vila olímpica 48 horas antes e 48 depois das provas. As disputas do atletismo ocorrem entre 29 de julho e 8 de agosto no estádio Olímpico de Tóquio e no Sapporo Odori Park, na cidade de Sapporo, a 800 quilômetros da capital japonesa.

Os convocados

Masculino

  • Paulo André de Oliveira (Pinheiros-SP) – 100m, 200m, 4x100m
  • Felipe Bardi (SESI-SP) – 100m, 4x100m
  • Rodrigo Nascimento (CT Maranhão-MA) – 100m, 4x100m
  • Derick de Souza (Pinheiros-SP) – 4x100m
  • Jorge Henrique Vides (Pinheiros-SP) – 200m, 4x100m
  • Aldemir Gomes da Silva Junior (Pinheiros-SP) – 200m
  • Lucas da Silva Carvalho (FECAM-PR) – 400m, 4x400m misto
  • Anderson Henriques (AABLU-SC) – 4x400m misto
  • Pedro Luiz Burmann (AABLU-SC) – 4x400m misto
  • Thiago do Rosário André (CT Maranhão-MA) – 800m, 1.500m
  • Gabriel Constantino (Pinheiros-SP) – 110m com barreiras
  • Eduardo de Deus (CT Maranhão-MA) – 110m com barreiras
  • Raphael Henrique Pereira (Clã Delfos-MG) – 110m com barreiras
  • Alison dos Santos (Pinheiros-SP) – 400m com barreiras
  • Marcio Teles (Orcampi-SP) – 400m com barreiras
  • Altobeli da Silva (Pinheiros-SP) – 3 mil metros com obstáculos
  • Thiago Braz – salto com vara
  • Augusto Dutra (Pinheiros-SP) – salto com vara
  • Samory Uiki (Sogipa-RS) – santo em distância
  • Almir Cunha (Sogipa-RS) – salto triplo
  • Alexsandro Melo (CT Maranhão-MA) – saltos em distância e triplo
  • Fernando Ferreira (Orcampi-SP) – salto em altura
  • Thiago Júlio Moura (Associação Unindo Famílias-SP) – salto em altura
  • Darlan Romani (Pinheiros-SP) – arremesso do peso
  • Daniel Ferreira do Nascimento (ABDA-SP) – maratona
  • Paulo Roberto Paula (São Paulo/Kiatleta-SP) – maratona
  • Daniel Chaves (Pinheiros-SP) – maratona
  • Caio Bonfim (CASO-DF) – 20 km e 50 km marcha
  • Matheus Gabriel Correa (AABLU-SC) – 20 km marcha
  • Lucas Gomes Mazzo (CASO-DF) – 20 km marcha
  • Felipe Vinícius dos Santos (AABLU-SP) – decatlo

Feminino

  • Vitoria Rosa (Pinheiros-SP) – 100m, 200m, 4x100m
  • Rosangela Santos (Pinheiros-SP) – 100m, 4x100m
  • Ana Carolina Azevedo (CT Maranhão-MA) – 200m, 4x100m
  • Ana Claudia Lemos (SR Mampituba-SC) – 4x100m
  • Bruna Jéssica Farias (CT Maranhão-MA) – 4x100m
  • Tiffani Marinho (Orcampi-SP) – 400m, 4x400m misto
  • Tabata Vitorino de Carvalho (AA Maringá-PR) – 4x400m misto
  • Geisa Muniz Coutinho (CT Maranhão-MA) – 4x400m misto
  • Ketiley Batista (ASPMP-SP) – 100m com barreiras
  • Chayenne Pereira da Silva (EMFCA-RJ) – 400m com barreiras
  • Tatiane Raquel da Silva (IPEC-PR) – 3.000 m com obstáculos
  • Simone Ponte Ferraz (Jaraguá do Sul-SC) – 3 mil metros com obstáculos
  • Eliane Martins (Pinheiros-SP) – salto em distância
  • Nubia Aparecida Soares (Clã Delfos-MG) – salto triplo
  • Geisa Arcanjo (Pinheiros-SP) – arremesso do peso
  • Andressa Oliveira de Morais (Pinheiros-SP) – lançamento do disco
  • Izabela Rodrigues da Silva (IEMA-SP) – lançamento do disco
  • Laila Ferrer (Pinheiros-SP) – lançamento do dardo
  • Jucilene Sales de Lima (IEMA-SP) – lançamento do dardo
  • Erica Rocha de Sena (Pinheiros-SP) – 20 km marcha

Edição: Marcio Parente. Por Lincoln Chaves – Repórter da TV Brasil e da Rádio Nacional – São Paulo.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Agência Brasil

Agência pública de notícias da EBC. Informações sobre política, economia, educação, direitos humanos e outros assuntos.