in

Mercado da bola: Atlético-MG mira contratação de zagueiro destaque que pertence ao Santos; Cuca fez pedido

Galo tem se mostrado atento ao mercado para viabilizar reforços ao seu plantel.

Pedro Souza - Divulgação - Atlético-MG - Instagram

Brigando na parte de cima da tabela, o Atlético-MG conquistou uma importante vitória na noite da última quarta-feira (7), batendo o Flamengo pelo placar de 2 a 1, no Mineirão. O resultado deixa o time de Cuca na quarta posição e vivo na caçada aos líderes. Apesar de ter um elenco recheado de bons nomes, a diretoria alvinegra ainda planeja trazer peças pontuais.

Publicidade

Enquanto vem em tratativas para negociar o zagueiro Gabriel, que tem propostas do futebol japonês para deixar o clube, o Galo já mira o planejamento para o futuro, mesmo tendo reintegrado Nathan, que estava no Atlético-GO, o clube mineiro está de olho em um atleta do Santos, que vem se destacando na Série B com a camisa do Náutico. Trata-se do jovem Wagner Leonardo. Interessado no potencial do atleta, Cuca já teria solicitado ao scouts do Galo a observação do defensor. 

De acordo com o portal “Diário do Peixe”, o Galo não formulou nenhuma proposta e sequer sondou o atleta junto ao Santos. O intuito é fazer uma avaliação de Wagner e já deixá-lo como alvo, caso a iminente saída de Gabriel se concretize.

Publicidade

Na última temporada, o jogador chegou a figurar em alguns jogos no profissional do Santos, atuando inclusive como lateral-esquerdo. O defensor possui vínculo com a equipe da Baixada Santista até o final de 2024. 

Publicidade

Em alta

Sem muito espaço no Peixe, Wagner foi emprestado ao Timba e precisou de pouco tempo para se firmar como titular absoluto na equipe do técnico Hélio dos Anjos. Líder da Série B, o time pernambucano vem realizando uma campanha irretocável e tem se mostrado forte candidato ao acesso.

Publicidade

Em coletiva recente, o comandante alvirrubro disse para o torcedor da equipe “aproveitar” para ver Wagner em campo defendendo as cores do Náutico, sinalizando que será impossível, diante de todo o potencial do zagueiro, mantê-lo por mais tempo, por conta do assédio de outras equipes. 

Publicidade
Publicidade
Publicidade