in

Rondoniense: Real Ariquemes e Porto Velho empatam em 1º jogo da final

Decisão do título estadual será na próxima quarta-feria, às 15h30.

© Leandro Kazuo/Real Ariquemes/Direitos Reservados (Agência Brasil)

Real Ariquemes e Porto Velho empataram por 1 a 1 nesta quarta-feira (7), na partida de ida da final do Campeonato Rondoniense, no estádio Gentil Valério, o Valerião, em Ariquemes (RO). O jogo de volta será na próxima quarta (14), às 15h30 (horário de Brasília), no estádio Aluízio Ferreira, o Aluizão, em Porto Velho.

Publicidade

Em caso de nova igualdade, o título será decidido nos pênaltis. Campeão em 2017 e 2018, o Furacão do Vale do Jamari, como é conhecido o Real Ariquemes, busca a terceira conquista estadual. A Locomotiva, apelido do clube visitante, mira a segunda taça seguida. No ano passado, o Porto Velho levantou o troféu justamente contra o Furacão.

O duelo foi realizado após o Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) suspender, na última segunda(5), uma liminar concedida dois dias antes ao União Cacoalense. O clube de Cacoal (RO) tinha se classificado à final ao derrotar o Porto Velho nos pênaltis, no fim de maio, mas foi punido devido à escalação irregular de um atleta, ficando fora da decisão estadual. A agremiação entrou com recurso no Tribunal de Justiça Desportiva de Rondônia (TJD-RO), sem sucesso. Na sequência, acionou o STJD, que julgará o caso nesta quinta-feira (8).

Publicidade

O Real Ariquemes saiu na frente no começo do segundo tempo. Aos três minutos, o atacante Juninho dividiu com o goleiro Wellington e levou a melhor, abrindo o placar. O clima, tenso desde o fim da primeira etapa, após uma confusão entre jogadores titulares e integrantes do banco de reservas, ficou mais pesado aos 34 minutos, com a expulsão do atacante Daday, que gerou nova discussão entre as equipes.

Publicidade

Com um a mais, o Porto Velho empatou aos 48 minutos em jogada individual do atacante cubano Sander Fernandez, o Keko. Após o apito final, Daday entrou em campo para reclamar do cartão vermelho e outra confusão teve início, sendo necessária escolta policial no gramado.

Publicidade


Publicado em 07/07/2021 – 19:25 Por Lincoln Chaves – Repórter da TV Brasil e Rádio Nacional – São Paulo


Edição: Cláudia Soares Rodrigues

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Agência Brasil

Agência pública de notícias da EBC. Informações sobre política, economia, educação, direitos humanos e outros assuntos.