in

Felipão toma primeira atitude em chegada ao Grêmio e dispara: ‘Não tem condições para isso’

Treinador já está apto para poder fazer sua estreia no comando do Tricolor dos Pampas.

Lucas Uebel - Divulgação - Grêmio

Anunciado como novo treinador do Grêmio, o experiente Luiz Felipe Scolari, o Felipão, foi devidamente apresentado nesta sexta-feira (9), em coletiva de imprensa virtual. Técnico mais velho do Brasileirão, Scolari terá a missão de tirar o time sulista da degola no certame. Passados oito jogos, o Imortal é o lanterna com apenas dois tentos somados.

Publicidade

No papo com a imprensa, Felipão revelou qual deve ser a sua primeira atitude no Tricolor dos Pampas: fazer uma “faxina no elenco”. Segundo ele, é necessário enxugar o elenco o mais rápido possível para que se obtenha êxito no trabalho.

“O Grêmio tem um grupo que hoje teria 40 ou 44 jogadores. Nós não podemos fazer o mesmo trabalho com 44 pessoas, não tem condições para isso. Estamos readequando algumas coisas”, disse o experiente treinador.

Publicidade

De acordo com o jornalista Vagner Martins, a cúpula diretória do Tricolor já avisou o treinador que ele não poderá contar com nomes como Paulo Victor, Everton Cardoso e Victor Ferraz. Sem mencionar os nomes dos atletas, Felipão disse que a reformulação será feita de forma gradativa.

Publicidade

O cenário que o treinador encontra no Grêmio é bem semelhante a sua última passagem no clube do Rio Grande do Sul. Na terceira passagem pelo Tricolor, em 2015, o experiente comandante teve que realizar a formação de uma nova equipe, com saída de “medalhões” e a chegada de reforços.

Publicidade

Regularizado

Devidamente apresentado, Felipão ainda teve nesta sexta-feira (9), o seu nome publicado no Boletim Informativo Diário (BID), da CBF, e com isso fica apto para estar à beira do campo no clássico do Tricolor frente ao arquirrival Internacional, marcado para este sábado (10), às 16h30 (de Brasília), pela 11ª rodada do Brasileirão.

Publicidade
Publicidade
Publicidade