in

Alessandro Barcellos, presidente do Internacional, alfineta Grêmio após o clássico

Em difícil momento pelo Campeonato Brasileiro, tricolor segue sem vencer e ocupa a última colocação.

Foto: Ricardo Duarte / S.C. Internacional

O último clássico entre Internacional e Grêmio, ocorrido no último sábado (10), não contou com grandes emoções e o Grenal terminou empatado em 0 a 0. Apesar do empate ser ruim para os dois clubes, o Grêmio é quem vive o momento mais conturbado no Campeonato Brasileiro. O Imortal segue sem vencer já faz nove jogos e possui apenas 3 pontos na competição, ocupando a última colocação.

Publicidade

O treinador Felipão chegou ao tricolor gaúcho e já possui a árdua missão de contornar a crise vivida pelo clube e devolver o bom futebol ao Grêmio. Contudo, a torcida do Imortal vem se preocupando, pois o time parece não ter poder de reação , aparentemente apático.

Contudo, o que chamou atenção foi a declaração do presidente do Internacional, Alessandro Barcellos, que, a após o clássico, disparou que tem gente que não está olhando nem para trás porque não tem ninguém fazendo uma clara alusão a última colocação ocupada pelo Grêmio.

Publicidade

“Vocês viram o mesmo jogo que a gente. Se tinha uma equipe que merecia a vitória aqui na Arena é o Internacional. Estamos olhando pra frente. Tem gente olhando para trás e outros que nem para trás estão olhando pois não tem ninguém atrás“, declarou o mandatário Colorado.

Publicidade

A declaração feita pelo mandatário Colorado irritou a torcida gremista na web, contudo, não há tempo para o Imortal se preocupar com provocações, pois na próxima terça-feira (13), já possui um importante compromisso contra LDU pela Copa Sul-Americana. O jogo será em Quito, no Equador.

Publicidade

Felipão tem muito trabalho pela frente para recuperar a confiança dos jogadores e o futebol do Grêmio, mas o treinador declarou que o primeiro passo já foi dado, pois, para Felipão, inicialmente, o clube teria que parar de tomar gols e perder, e esse objetivo já foi cumprido no empate contra o maior rival.

Publicidade
Publicidade
Publicidade