in

Felipão abre o jogo sobre contratar goleiro para o Grêmio: ‘quem tem um, tem zero’

O técnico voltou a falar em entrevista na necessidade de contratar um goleiro experiente.

Foto: Lucas Uebel/Grêmio

O Grêmio voltou a vencer após um longo período entre empates, derrotas e jogos abaixo da expectativa. Pela Sul-Americana, o clube gaúcho foi até a altitude de Quito e venceu a LDU por 1 a 0. Placar que encaminha o clube para avançar de fase e reconquistar a confiança do grupo.

Publicidade

Apostando no contra-ataque, o Grêmio deu a bola para a equipe equatoriana e apostou na retomada rápida para sair em velocidade. A estratégia deu certo, mas também contou com milagres do goleiro Gabriel Chapecó, autor de duas defesas importantíssimas.

Grêmio estuda contratação de goleiro

Mesmo que o Grêmio tenha visto uma atuação de gala de Chapecó nos últimos dois jogos, a contratação de um goleiro experiente não é descartada pela direção e muito menos por Felipão, que tocou no assunto durante a coletiva pós-jogo desta terça-feira (13).

Publicidade

Durante sua fala, Felipão frisou a necessidade de contratar um novo goleiro pela escassez de nomes para a posição, visto que Brenno está a serviço da seleção brasileira nas Olimpíadas e os reservas Adriel e Felipe Mateus ainda não tiveram uma sequência de testes como Gabriel Chapecó.

Publicidade

Na coletiva, Felipão frisou que é importante ter mais do que dois goleiros de qualidade. “Quem tem dois goleiros, tem um. Quem tem um, tem zero”, disse Felipão. O técnico, no entanto, frisou que não descarta “correr o risco” de contratar um goleiro pensando em investir em jogadores importantes para posições carentes.

Publicidade

O técnico Scolari destacou que o Grêmio deve ir ao mercado e buscar pelo menos duas contratações para reforçar o grupo para o restante da temporada.

Publicidade
Publicidade
Publicidade