in

Pablo, com salário acima de R$ 500 mil, não sai mais do banco no São Paulo

Centroavante ficou no banco contra o Racing e não entrou, mesmo com cinco substituições.

Reprodução SporTV

Pablo tem um dos salários mais altos do elenco do São Paulo. O centroavante contratado junto ao Athletico-PR, em 2019, após se destacar no Furacão. O Tricolor foi em busca do jogador porque procurava um centroavante fazedor de gols. Embalado pelo título da Copa Sul-Americana, Pablo parecia ter essa característica.

Publicidade

Atualmente, o jogador é o artilheiro do São Paulo no ano, mas não tem confiança por parte da torcida. E parece que não são apenas os torcedores que pensam assim. O centroavante amarga o banco de reservas desde o duelo contra o 4 de Julho, pela Copa do Brasil.

No Morumbi, o São Paulo venceu aquele jogo por 9 a 1 e se garantiu nas oitavas de final da competição nacional. Pablo marcou três gols naquele dia. Apesar disso, Crespo o mandou para a reserva com a concordância da torcida, que adora pegar no pé do camisa 9.

Publicidade

Pablo foi reserva na derrota para o Racing

O centroavante Pablo ficou no banco de reservas na partida contra o Racing, pela Libertadores, na noite desta terça. Quando Eder, escalado no ataque, sentiu lesão no primeiro tempo, Hernán Crespo colocou em campo Vitor Bueno. O jogador marcou um gol, mas perdeu outro incrível logo em seguida.

Publicidade

Crrespo fez quatro substituições no segundo tempo: Gabriel Sara e Benítez entraram nos lugares de Lizieiro e Igor Gomes, respectivamente, aos 15 minutos. Aos 30, entraram Marquinhos e Talles Costa nos lugares de Vitor Bueno e Rodrigo Nestor. Mesmo com tantas alterações, Pablo não teve chances para mostrar seu futebol na partida da Libertadores.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!