in

Dirigente do Grêmio despista sobre Paulinho e garante procura por reforços

Em coletiva dada após partida do Grêmio, dirigente garante procura por reforços para o clube.

Divulgação/Lucas Uebel + Site oficial do Grêmio

O time do Grêmio segue firme na preparação para o próximo compromisso pela Copa Sul Americana. O clube gaúcho irá receber o time equatoriano LDU Quito (Venezuela), nesta terça-feira (20), para o jogo de volta das oitavas de final da competição. A partida será realizada na Arena do Grêmio, em Porto Alegre, às 19h15 e terá transmissão pelo canal de assinatura Conmebol TV.

Publicidade

O clube irá embalado para a partida no meio de semana após conseguir sua primeira vitória no Campeonato Brasileiro. Jogando fora de casa, o Grêmio foi ao Rio de Janeiro e conseguiu derrotar o Fluminense pelo placar de 1×0, conquistando a primeira vitória do clube na competição com gol de Cesar Pinares.

Com uma de seus piores inícios de campanha da história do clube, o Grêmio chegou a 6 pontos com a vitória no último sábado e ocupa atualmente a 19ª colocação do Campeonato Brasileiro, a frente da equipe da Chapecoense, que possui apenas 4 pontos após 12 rodadas na competição.

Publicidade

Busca de reforços para o clube

O clube gaúcho deve tentar aproveitar a reabertura da janela de transferências internacionais para ir ao mercado em busca de reforços para o clube. Em coletiva de imprensa dado pelo executivo de futebol Diego Cerri após a partida do sábado, o clube está à procura de reforços de qualidade para o clube.

Publicidade

O dirigente falou em nome da direção do clube e foi questionado sobre o volante Paulinho, jogador de 32 anos que interessa ao Grêmio e está livre no mercado desde a sua saída do Guangzhou Evergrande, da China.

Publicidade

Ainda na coletiva, Cerri deu uma despistada e disse que nunca comenta publicamente sobre nomes de negociações. O Grêmio tenta convencer Paulinho a assinar com o clube e usa a presença de Felipão como um trunfo do clube. O atual técnico e Paulinho trabalharam juntos na China e na seleção Brasileira.

Publicidade
Publicidade
Publicidade