in

Grêmio define prazo para novas contratações e descarta ‘pacotão’ de reforços

Grêmio bate o martelo e define prazo e número de prováveis contratados para a janela.

(Lucas Uebel/Grêmio)

O Grêmio está atento ao mercado da bola, mas trabalha com cautela por novas contratações. Querendo ser certeiro nas aquisições que precisa, o clube definiu o prazo para a chegada de reforços, mas não mostra pressa para fechar acordos no futuro próximo.

Publicidade

Em entrevista concedida ao quadro Papo com o Presidente, da Grêmio TV, o presidente do clube, Romildo Bolzan Jr., esclareceu o prazo para contratações e também quantos jogadores devem ser buscados neste momento para somar ao atual plantel do Grêmio.

Grêmio determina prazo para contratar

Apesar da torcida cobrar urgência para a chegada de reforços, o Grêmio trabalha sem pressa nos bastidores. Nomes como Giuliano e Roger Guedes foram, inclusive, descartados pelo presidente, que destacou que a dupla não estava no radar do clube.

Publicidade

Romildo então definiu o prazo para novas contratados chegarem ao Grêmio: dia 30 de agosto. Ou seja, quando se encerra a janela de transferências e os clubes já não poderão mais inscrever novos atletas. 

Publicidade

Além de definir o prazo para novas aquisições, Bolzan apontou que o Grêmio não deve trazer uma pacotão de reforços como o imaginado anteriormente. “Imaginamos que o Grêmio precisa de mais duas contratações pontuais. Não significa uma carência, mas jogadores para complementar situações de jogo“, afirmou.

Publicidade

Para Romildo, o Grêmio tem a necessidade de enxugar o atual plantel de jogadores. “O Grêmio trabalha a ideia de fixar um plantel com 30 jogadores e no máximo 33. Isso é o mais importante neste momento, em não ter jogadores em excesso“, pontuou.

Publicidade
Publicidade
Publicidade