in

Deportivo Maldonado pede R$ 48 milhões por Calleri e São Paulo toma atitude

Atacante argentino é ligado ao time uruguaio; Tricolor quer contratá-lo em definitivo.

Rubens Chirri / Divulgação São Paulo

Jonathan Calleri segue sem acerto com nenhum clube. O São Paulo já fez duas propostas pelo atacante argentino, mas o negócio não avançou devido aos valores oferecidos. Calleri pertence ao Deportivo Maldonado, clube de empresários do Uruguai.

Publicidade

O atacante defendeu o Osasuna, da Espanha, até o dia 30 de junho. Desde o dia 1º de julho, Calleri está sem clube para jogar. Quem quiser contratá-lo precisa negociar com o Deportivo Maldonado. De acordo com informações de Jorge Nicola, o time pede R$ 48 milhões para vender os direitos econômicos do atacante uruguaio.

Calleri é muito querido por parte da torcida do São Paulo. O jogador defendeu o Tricolor no primeiro semestre de 2016 e marcou 16 gols em 31 partidas. Com seus gols, o time chegou à semifinal da Copa Libertadores da América daquele ano. O bom desempenho do centroavante ficou marcado.

Publicidade

Desde que deixou o Tricolor, Calleri passou por equipes médias de Inglaterra e Espanha e não se firmou em nenhuma delas. O jogador já havia revelado que no Brasil só jogaria no São Paulo. Por enquanto, não há definição sobre o futuro de Calleri.

Publicidade

São Paulo ainda não fez terceira proposta

As duas propostas que o São Paulo fez por Calleri não foram aprovadas pelo Deportivo Maldonado. Diante disso, o Tricolor tomou uma atitude e ainda não fez uma terceira proposta. A base salarial com o jogador estavam acertadas, mas falta a definição de quanto será pago ao time uruguaio. A diretoria do São Paulo quer contratar Calleri em definitivo – diferente da primeira vez, em que ele foi emprestado por apenas seis meses.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!