in

Felipão quer elenco enxuto e Romildo bate o martelo sobre possível saída de mais de 10 jogadores

Elenco deve contar com número limitado de jogadores; Tricolor disputa Brasileirão e Copa do Brasil no segundo semestre.

Lucas Uebel / Grêmio

Luiz Felipe Scolari não está tendo um começo de trabalho fácil no Grêmio. A eliminação nas oitavas de final da Copa Sul-Americana, em casa, diante da LDU, repercute e fez as críticas ao elenco do Imortal Tricolor aumentarem. Além disso, o clube briga na zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro.

Publicidade

O Grêmio promete uma reforma no elenco que vai disputar o Brasileirão e a Copa do Brasil neste segundo semestre. O elenco atual tem mais de 40 jogadores, mas Felipão já acenou que quer um grupo com 30 atletas à disposição. Diante disso, haverá dispensas e retorno de jogadores para os times da base.

O presidente Romildo Bolzan Jr. falou sobre o assunto. “O Grêmio trabalha a ideia de fixar um plantel de 30 jogadores, no máximo 33. Não mais ter 40, 42. Fechar o plantel neste volume é o mais importante neste momento”, afirmou o mandatário do clube em live com os torcedores.

Publicidade

Romildo também afirmou que as saídas terão três caminhos: empréstimos, retorno ao time de transição e disponibilização para outros clubes. Cada situação será analisada em particular para que o clube tome a melhor decisão.

Publicidade

Quem deve sair?

O goleiro Paulo Victor, o meia Everton e o lateral-direito Victor Ferraz treinam separados e aguardam proposta de outros clubes. O atacante Léo Chú pode ser negociado com o Fluminense. Darlan, Jhonata Robert e Rodrigues também têm possibilidade de deixar o Imortal.

Publicidade

A ideia do Grêmio é baixar a folha salarial de R$ 14 milhões em cerca de R$ 2 milhões. Além destes nomes que podem sair, há outros que vão apenas retornar ao time de transição, sem efeito na folha salarial, casos do zagueiro Emanuel, do meio-campo Pedro Lucas e do centroavante Elias.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!