in

Possível ida de revelação para rival deve encher os cofres do Flamengo

Jorge está avaliado em 6 milhões de euros e Mônaco quer o dinheiro para a liberação do atleta.

Foto: Alexandre Vidal/Flamengo

O Flamengo voltou a ficar em lua de mel com a Nação Rubro-Negra e esse clima muito se deve à chegada do técnico Renato Gaúcho. Na última quarta-feira (21), o Mais Querido goleou o Defensa y Justicia (ARG) por 4 a 1, em Brasília, e avançou para as quartas de final da Copa Libertadores. Agora, o clube carioca aguarda o confronto entre Internacional e Olímpia (PAR) para saber quem será seu próximo adversário na competição continental.

Publicidade

O Flamengo anda buscando novos jogadores para reforçar seu elenco para o restante da temporada 2021, entretanto, o clube já admitiu que não possui dinheiro para gastar em contratações. Contudo, uma negociação envolvendo o Palmeiras pode fazer com que o clube carioca encha seus cofres.

O Palmeiras está na iminência de perder seu lateral-esquerdo titular Matías Vinã, que está sendo negociado com a Roma (ITA). Com a saída do jogador, o Verdão já se movimenta no mercado para uma reposição no elenco e o alvo preferido da diretoria alviverde é Jorge, que atualmente está no Basel (SUI), contudo, pertence ao Mônaco (FRA). Jorge é cria da base do Flamengo e foi vendido ao Mônaco em 2017 por cerca de 30 milhões de reais.

Publicidade

O clube do principado faz jogo duro para a liberação do jogador brasileiro, pois entende que Jorge ainda possui mercado. O Mônaco exige do Palmeiras cerca de 6 milhões de euros (36,8 milhões de reais) para a liberação do jogador 

Publicidade

O Flamengo está de olho no negócio, pois como Jorge foi revelado pelo clube, o Mais Querido receberá uma fatia da venda caso o jogador se transfira para o rival paulista. A parte que o clube carioca irá receber será cerca de 3,2% do valor da negociação que dará cerca de 1,1 milhão de reais para o Flamengo. 

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade