in

Daniel Cargnin fatura primeiro bronze do judô brasileiro na Olimpíada

Gaúcho vence israelense Baruch Shmailov na categoria até 66kg.

© Gaspar Nóbrega/COB/Direitos Reservados

O gaúcho Daniel Cargnin conquistou na madrugada deste domingo (25) a medalha de bronze na categoria até 66 kg na Olimpíada de Tóquio 2020. No lendário ginásio Budokan, a 23ª medalha da modalidade para o país na história dos Jogos foi conquistada com a vitória do atleta da Sogipa sobre o israelense Baruch Shmailov. A luta foi bastante tensa, o brasileiro precisou ser atendido pelos médicos depois de sofrer um corte após uma entrada do adversário. Mas o jovem atleta de 23 anos conseguiu confirmar a medalha com um wazari.

Publicidade

O japonês Hifumi Abe, que passou por Cargnin na semifinal, ficou com a medalha de ouro, a prata ficou com o georgiano Vazha Margvelashvili. A outra medalha de bronze foi do sul-coreano Baul An.

Antes de chegar na disputa do bronze, Daniel Cargnin bateu o egípcio Mohamed Abdelmawgoud e Denis Vieru, da Moldávia. Nas quartas de final, ele passou pelo líder do ranking mundial, o italiano Manuel Lombardo, com um lindo wazari no final do combate.

Publicidade

Na categoria até 52 kg, a brasileira Larissa Pimenta acabou eliminada na segunda rodada pela japonesa Uta Abe. Na luta inicial, a atleta do Esporte Clube Pinheiros bateu a polonesa Agata Perenc.

Publicidade

Na noite deste domingo (25), será a vez da estreia do judoca Eduardo Barbosa, do Clube Paineiras de São Paulo. Pela categoria até 73 kg, o brasileiro enfrentará o francês Guillaume Chaine às 23h14 (horário de Brasília).

Publicidade


Publicado em 25/07/2021 – 12:00 Por Juliano Justo – Repórter da TV Brasil e Rádio Nacional – São Paulo


Edição: Gustavo Faria

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Agência Brasil

Agência pública de notícias da EBC. Informações sobre política, economia, educação, direitos humanos e outros assuntos.