in

Quanto vale uma medalha? Dinheiro ganho por Rebeca, Rayssa e outros medalhistas é divulgado e valor espanta

Valores são maiores do que é pago para potências olímpicas, como os atletas americanos.

Ricardo Bufolin/CBG - INSTAGRAM/RAYSSA LEAL

Nessa semana olímpica, grandes talentos brasileiros mostraram o seu valor em Tóquio. Rebeca Andrade, de 22 anos, se tornou a primeira brasileira medalhista olímpica na história da ginástica artística feminina. Já a garota Rayssa, de apenas 13 anos, bateu todos os recordes como a mais jovem brasileira a ganhar uma medalha com a sua prata no Skate.

Publicidade

Outra medalha inédita do Brasil nos jogos foi a de Ítalo Ferreira no surf, único ouro brasileiro até o momento. Mas quanto ganha em dinheiro um medalhista olímpico? O valor pago pelo COB (Comitê Olímpico Brasileiro) foi divulgado e impressiona por ser maior que verdadeiras potências olímpicas, como os Estados Unidos.

Rebeca e Rayssa, que ganharam a prata, garantiram uma bolada de R$ 150 mil por seus resultados em Tóquio. Rebeca pode aumentar esse valor, pois disputa outras duas finais nos jogos, a do salto no próximo domingo (01/08) e do solo na segunda-feira (02/08).

Publicidade

Se ganhar uma medalha de ouro, como Ítalo Ferreira, Rebeca leva mais R$ 250 mil para casa. Já o bronze vale R$ 100 mil.

Publicidade

A título de comparação, um atleta americano ganha US$ 35,5 mil (cerca de R$ 190,6 mil) pelo ouro, US$ 22,5 mil (cerca de R$ 114,3 mil) pela prata e US$ 15 mil (R$ 76,2 mil) pelo bronze.

Publicidade

Esses valores são pagos para atletas de esportes individuais, como é o caso de Rebeca, Rayssa e Ítalo. No caso de esportes coletivos esses valores sobem porque são divididos entre os membros da equipe. Para equipes com até 6 atletas, o COB paga R$ 500 mil pelo ouro, R$ 300 mil pela prata e R$ 200 mil pelo bronze. Outras modalidades com mais atletas como o futebol e o vôlei ganham R$ 750 mil pelo ouro, R$ 450 mil pela prata e R$ 300 mil pelo bronze.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Jean Marangoni

Influenciador digital responsável pelas páginas 'Mussum Sinceris' nas redes sociais, trabalho também com jornalismo online há 3 anos. Para sugestões entre em contato: jeanmarangoni@gmail.com