in

Grêmio pode faturar quase R$ 100 milhões ao negociar Ferreira; Al Ain toma decisão

Time dos Emirados Árabes Unidos deve fazer nova proposta pelo atacante de 23 anos.

Lucas Uebel / Grêmio

O atacante Ferreira é um dos grandes destaques do Grêmio no último ano. No ano passado, após se acertar com o clube, passou a ser utilizado por Renato Portaluppi e logo se destacou. Hoje, Ferreira é um dos principais nomes da equipe, mas pode ser negociado em breve.

Publicidade

O Al Ain, dos Emirados Árabes Unidos, tem interesse no jogador. A vontade de ter Ferreira se mantém mesmo após recusa do Grêmio na primeira proposta. O time árabe vai aumentar a proposta de empréstimo de 4 milhões de euros para 5 milhões de euros (R$ 30,4 milhões na cotação atual).

Neste cenário, a opção de compra seria fixada em 11 milhões de euros (R$ 67 milhões) ao final do período de empréstimo. Ferreira, de 23 anos, já teria um dos maiores salários do Al Ain. Com o aumento da proposta, o salário do atacante também deve subir.

Publicidade

Al Ain pode comprar direitos econômicos de Ferreira

A proposta de empréstimo com opção de compra daria ao Grêmio quase R$ 100 milhões se o negócio fosse finalizado de forma positiva após o período de empréstimo. De acordo com o Ge o clube árabe não descarta a possibilidade de comprar os direitos econômicos de Ferreira em definitivo.

Publicidade

O atacante tem contrato com o Grêmio até 2023 e o clube gaúcho aceitaria vendê-lo se a proposta fosse superior a 10 milhões de euros. O contrato de Ferreira estabelece multas diferentes para os países. Para a Inglaterra, a multa é de 15 milhões de euros. Para Portugal, são 12 milhões de euros. Clubes ucranianos interessados no atacante devem desembolsar 8 milhões de euros.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!