in

Grêmio confirma que fará contratações de impacto: ‘Temos cash’

Com a saída de Ferreira, o Grêmio deve ir ao mercado atrás de jogadores de impacto.

(Lucas Uebel/Grêmio)

O Grêmio venceu o Vitória na noite de terça-feira (3), no jogo de volta pelas oitavas de final da Copa do Brasil. Contudo, o resultado de 1 a 0 foi ofuscado por um momento inesperado: a venda de Ferreira. O atacante acabou vendido pelo valor de 8 milhões de euros (R$ 49 milhões) e deixará o clube gaúcho rumo ao Atlanta United, dos Estados Unidos.

Publicidade

O clube da MLS notificou o Grêmio que pagará a multa em contrato para adquirir o jogador. Sem intenções iniciais de vender o atleta, o Grêmio precisou ceder, complicando-se de vez no mercado, visto que precisará rapidamente repor a saída de um dos seus principais jogadores na temporada.

Grêmio se vê surpreso com saída de Ferreira

A notícia da venda de Ferreira pegou a todos do Grêmio de surpresa. O próprio técnico Luiz Felipe Scolari, em coletiva pós-jogo, garantiu que não sabia da venda. “Não sei de nada sobre a saída. Estava olhando o jogo e não sei o que houve. destacou Felipão.

Publicidade

Contudo, logo após a coletiva de Felipão, o vice-presidente de futebol do clube, Marcos Herrmann, confirmou a saída do jogador e também se mostrou surpreso. O dirigente confirmou que o Atlanta, da MLS, se dispôs a pagar a multa estipulada em contrato e lamentou a saída do jogador.

Publicidade

Segundo Herrmann, porém, o Grêmio deve utilizar o dinheiro para repor a saída de atletas. “Com esse depósito (da venda do Ferreira). Nós temos ‘Cash’ pra fazer as negociações que queremos. E vamos fazer“, destacou o dirigente. “Temos claro que iremos trazer dois jogadores. Podendo vir um terceiro“, completou.

Publicidade

O Grêmio volta a campo apenas na segunda-feira (9), para enfrentar a Chapecoense, em partida válida pelo Campeonato Brasileiro.

Publicidade
Publicidade
Publicidade