in

Grêmio deve usar dinheiro da venda de Ferreira em contratações; joia revelada pelo São Paulo é prioridade

O empresário do atleta confirma as conversas mas acredita que o jogador deve permanecer na Europa

DIVULGAÇÃO/LUCAS UEBEL - INSTAGRAM OFICIAL DO GRÊMIO

O Grêmio vive péssima fase nos campos amargando a vice lanterna do campeonato brasileiro e fora de campo acaba de perder um de seus melhores jogadores. O Atlanta United, clube americano que disputa a Major League Soccer (MLS), avisou aos tricolores na última terça-feira (03/08) que vai pagar a multa rescisória do atacante Ferreira, que equivale à 8 milhões de euros (cerca de R$ 49 milhões). O Grêmio ficará com metade do valor. 

Publicidade

Com o dinheiro entrando nos cofres, o clube gaúcho pretende ir ao mercado para reforçar o seu elenco. O primeiro investimento foi feito no atacante Borja, colombiano que ainda pertence ao Palmeiras. No entanto, as contratações gremistas não devem parar por aí.

Com a lacuna deixada por Ferreira, de um atacante veloz que atua pelas beiradas do campo, o clube gaúcho tem mantido contato com o jogador Luiz Araújo, que joga atualmente pelo Lille da França.

Publicidade

Fernando Araújo, empresário do atleta, confirmou as conversas com o Grêmio, mas disse que o jogador está valorizado no mercado, pois acabou de ser campeão francês e da supercopa. O empresário afirmou que além do Grêmio, Luiz Araújo é pretendido por outros cinco clubes europeus. 

Publicidade

Quem é Luiz Araújo

O atacante de 25 anos foi formado pelas categorias de base do São Paulo e subiu para os profissionais com o técnico Rogério Ceni. O garoto se destacou tanto que já no seu primeiro ano no time de cima foi vendido para o Lille da França. 

Publicidade

Luiz Araújo chegou ao continente europeu em 2017 e de lá pra cá fez 136 jogos com a camisa do clube francês, marcado 18 gols.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Jean Marangoni

Influenciador digital responsável pelas páginas 'Mussum Sinceris' nas redes sociais, trabalho também com jornalismo online há 3 anos. Para sugestões entre em contato: jeanmarangoni@gmail.com