in

São Paulo, Palmeiras ou Galo? Livre no mercado, Diego Costa decide retornar ao Brasil e já conversa com clubes

O centroavante já foi sondado pelos paulistas e agora pode preencher uma vaga no elenco do Atlético-MG.

REPRODUÇÃO/INSTAGRAM - MONTAGEM JEAN MARANGONI

O atacante brasileiro naturalizado espanhol, Diego Costa está livre no mercado desde que rescindiu seu contrato com o Atlético de Madrid, há quase 9 meses. O atleta tem até o momento uma única proposta para se manter na Europa, mais precisamente do Besiktas, mas tem cozinhado o clube turco desde o início de julho.

Publicidade

Se o desejo inicial do jogador era o de permanecer no velho continente, agora Diego Costa pensa em retornar ao futebol brasileiro para retomar sua carreira, que está parada desde o final de 2020.

O atleta sonha em jogar profissionalmente em seu país natal e chegou a abrir conversas com o São Paulo e com o Palmeiras no início do ano, mas os altos valores pedidos pelo jogador barraram qualquer avanço nas negociações com os clubes brasileiros.

Publicidade

Como nenhuma oferta tentadora apareceu na Europa, Diego Costa, que está com 32 anos, decidiu baixar um pouco sua pedida salarial para facilitar sua volta ao Brasil, e agora o Atlético-MG surge como uma possibilidade. O treinador Cuca já pediu para a diretoria do Galo a contratação de um centroavante de peso, que poderá ser Diego Costa.

Publicidade

São Paulo continua atrás de atacantes

O São Paulo negociou nos últimos meses com Borré, com Calleri e com Benedetto, não chegando à um final feliz com nenhum dos 3 centroavantes. O clube do Morumbi continua no mercado em busca de uma solução para o ataque do técnico Hernán Crespo, que sofre com as constantes lesões de Luciano, Eder e a má fase de Pablo e Vítor Bueno.

Publicidade

A diretoria tricolor tem até o final deste sábado (07/08) para inscrever um novo atleta para os duelos contra o Palmeiras pelas quartas de final da libertadores.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Jean Marangoni

Influenciador digital responsável pelas páginas 'Mussum Sinceris' nas redes sociais, trabalho também com jornalismo online há 3 anos. Para sugestões entre em contato: jeanmarangoni@gmail.com