in

Clube espanhol aproveita racha de Daniel Alves com São Paulo para tentar trazer o ídolo de volta

Declarações do atleta após as olimpíadas pegou mal com o torcedor do São Paulo.

DIVULGAÇÃO/SÃO PAULO

O racha entre o lateral direito Daniel Alves com a diretoria do São Paulo, exposto após o jogador ganhar a medalha de ouro pela seleção brasileira nas olimpíadas de Tóquio, está sendo acompanhado de longe por um clube em que o atleta fez história.

Publicidade

O torcedor do Sevilla lembra com carinho do lateral que defendeu as cores do clube por seis temporadas, bicampeão da Copa da Uefa (atual Liga Europa). A diretoria do clube espanhol também sonha com a volta do jogador que saiu em 2008 para começar a sua história no Barcelona.

Daniel Alves é ídolo do Sevilla e considerado um dos maiores jogadores da história do clube. Até por isso, a diretoria pensa que o lateral seria um grande reforço não só em campo, mas fora também, com chances de um forte impacto publicitário.

Publicidade

O jogador deixou claro, em sua entrevista pós medalha de ouro, que o São Paulo falhou com ele e pediu respeito dos dirigentes tricolores. Fransergio Ferreira, empresário do jogador, colocou mais lenha na fogueira ao dizer que o clube prometeu ao atleta quitar sua dívida com ele até em julho, o que não aconteceu. A dívida do São Paulo com Daniel Alves gira em torno de R$ 11 milhões. 

Publicidade

Apesar de todo imbróglio causado pelas declarações, Daniel Alves surpreendeu ao voltar do Japão na manhã da última segunda e já vestir a camisa tricolor na noite de terça (10/08) no clássico contra o Palmeiras pela Libertadores da América. O lateral foi titular no duelo paulista e jogou os noventa minutos da partida que terminou empatada por 1 a 1.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Jean Marangoni

Influenciador digital responsável pelas páginas 'Mussum Sinceris' nas redes sociais, trabalho também com jornalismo online há 3 anos. Para sugestões entre em contato: jeanmarangoni@gmail.com