in

Adson se destaca no Corinthians e ganha potencial de venda; valores não agradam

O meio-campista Adson vem se destacando com a camisa do Corinthians nos últimos jogos do Brasileirão, aumentando seu potencial de venda.

CORINTHIANS TV

 O desempenho do Corinthians não estava agradando aos torcedores nos últimos jogos. Contudo, as chegadas de Renato Augusto e Giuliano deixaram a torcida mais esperançosa, já que o meio-campo alvinegro estava deixando a desejar, principalmente pela falta de criatividade.

Publicidade

Giuliano já havia estreado contra o Santos, atuando durante quase toda a partida. Já Renato Augusto fez sua estreia diante do Ceará, no último domingo (16), fazendo um dos gols da vitória do Timão por 3 a 1. Contudo, quem acabou ‘roubando a cena’, foi o jovem Adson.

Escalado para jogar no time titular na partida contra o Ceará, o meia Adson balançou as redes adversárias duas vezes. O bom desempenho do jogador deixou a torcida impressionada, fazendo com que ele ganhe potencial de venda, podendo trazer um grande lucro para o Timão.

Publicidade

O Corinthians é dono de 70% dos direitos do meia, enquanto o restante pertence ao próprio jogador. Apesar de seu desempenho chamar atenção, o valor de mercado não agrada muito. De acordo com o site Transfermarkt, o jovem atleta está avaliado em aproximadamente 300 mil euros.

Publicidade

Avaliado em apenas R$ 1,8 milhão, Adson dificilmente será negociado pelo Corinthians por esse valor, principalmente agora que ele está se destacando na equipe, o que eleva ainda mais seu potencial de venda. Como os valores não agradam, sua venda não está sendo discutida nesse momento.

Publicidade

Fato é que o Timão precisa negociar alguns de seus jogadores para manter seu financeiro em dia. Por enquanto, jogadores em destaque não são cogitados a saírem, mas essa situação pode ser alterada a qualquer momento, pois isso depende do interesse do mercado exterior.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Vinicius Araújo

Redator i7 Network - Notícias do mundo do futebol.