in

Carlos Belmonte quebra o silêncio sobre reforços no São Paulo; Germán Cano e nomes do exterior são citados

Eliminado da Copa Conmebol Libertadores, o São Paulo analisa o mercado da bola em busca de reforços para o setor ofensivo.

Fellipe Lucena/Divulgação Instagram Oficial do São Paulo

O São Paulo entrou em campo nesta última terça-feira, 17 de agosto, para honrar mais um de seus compromissos pela Copa Conmebol Libertadores. Jogando fora de seus domínios, no Allianz Parque, o time sofreu uma dura derrota para o Palmeiras, placar de 3×0, e acabou sendo eliminado da competição continental.

Publicidade

A atuação foi novamente abaixo do esperado pelos torcedores e até mesmo o nome do técnico Hernán Crespo foi bastante criticado. Outro alvo dos torcedores foi o lateral-direito Daniel Alves, que errou todas as tentativas de cruzamento na noite da eliminação.

Substituto para vaga de Pablo?

O atacante Pablo, de 29 anos de idade, é a principal referência ofensiva do São Paulo, no entanto, o jogador voltou a decepcionar os torcedores e chegou a perder uma chance clara de balançar as redes. Revoltados, os tricolores pedem um substituto.

Publicidade

“Estamos na luta sempre para reforçar nosso elenco. É um trabalho difícil e praticamente sem recursos. Precisamos sempre melhorar o que temos, investir na base, e trazer jogadores de forma assertiva e com valores compatíveis com o nosso momento”, disse Carlos Belmonte, diretor do São Paulo, interagindo com torcedores em conta pelo Twitter.

Publicidade

Questionado sobre Germán Cano, o dirigente tricolor respondeu: “Muito bom jogador, mas nesse momento tem contrato com o Vasco, com toda a razão, não o liberaria”, afastando a possibilidade de contratação e desiludindo os torcedores.

Publicidade

O dirigente também falou sobre outros nomes como Everaldo, do Kashima Antlers, Luiz Phellype, do Sporting, e Carlos Vinícius, do Benfica. Belmonte admitiu que chegaram a ser avaliados, mas não estão mais em pauta por motivos diferentes.

Próximo compromisso

O São Paulo voltará aos gramados no próximo domingo, dia 22 de agosto, e precisa de uma reação no Campeonato Brasileiro. O adversário da vez será o Sport Recife, em partida disputada na Ilha do Retiro. Vale lembrar que o tricolor ainda disputa também a Copa do Brasil e terá que dividir suas atenções entre as duas competições.

Publicidade
Publicidade
Publicidade