in

Grêmio indica que novos reforços devem vir do próprio clube

Apesar das indicações sobre Matías Vargas, o Grêmio deve frear contratações e aguarda recuperados.

(Lucas Uebel/Grêmio)

Como de costume nas últimas semanas, o presidente Romildo Bolzan Jr. concedeu entrevista coletiva após a vitória do Grêmio sobre o Bahia, por 2 a 0, em confronto válido pelo Brasileirão 2021. 

Publicidade

A vitória deu tranquilidade à equipe na tabela de classificação do torneio, mas também à diretoria na busca por reforços para salvar a equipe de um descenso à Série B da competição.

Após ganhar um suspiro e chegar aos 16 pontos, o Grêmio vê a luz no fim do túnel e a capacidade para conseguir se livrar de vez dos perigos da zona da degola. 

Publicidade

As contratações de Borja e Villasanti somaram muito à equipe, e a chegada de Campaz deve ainda valorizar mais o elenco principal.

Publicidade

Contudo, conforme a entrevista coletiva de Bolzan, os reforços do Grêmio devem se restringir aos retornos aguardados do Departamento Médico do clube.

Publicidade

Grêmio aguarda volta de jogadores

Após a contratação de Campaz, Romildo garantiu que as prioridades foram contratadas, mas reforçou a possibilidade de aquisições por ocasião. “Se tiver uma situação pontual, que possa ser boa, podemos admitir, mas não temos nenhuma situação”, destacou o presidente.

Além disso, descartou a contratação de Matías Vargas, do Espanyol. “Vi alguns nomes que surgiram, como o Matías (Vargas, do Espanyol), que estava há muito tempo no CDD (Centro de Dados Digitais), mas estava só como avaliação, não para contratar”, disse.

O Grêmio aguarda os retornos pontuais de Ferreira e Diego Churín, que devem ser prontamente utilizados por Felipão. O técnico já reforçou a ideia de que dará chances ao ponta-esquerda, mesmo após as polêmicas recentes.

Publicidade
Publicidade
Publicidade