in

Corinthians é seduzido por ‘bônus de 35%’ e saída de jogador para time grego alivia R$2,5 milhões da folha

Saída do jogador foi anunciada pelo clube nessa última quarta-feira (25).

Divulgação/Corinthians TV

O Corinthians tem se esforçado bastante no mercado da bola para conseguir reforços pontuais para o elenco e continuar subindo na tabela do Campeonato Brasileiro. O clube paulista apresentou recentemente nomes de peso, como Renato Augusto e Giuliano, e está muito próximo de anunciar o atacante Roger Guedes.

Publicidade

No entanto, a diretoria do clube também tem trabalhado muito com algumas saídas que não estão nos planos do atual técnico, Sylvinho, e buscando equilibrar a folha de pagamento da equipe. O Corinthians confirmou, na manhã desta última quarta-feira (25), o empréstimo do meia Mateus Vital para o time do Panathinaikos (Grécia) até junho de 2022.

A proposta feita pelo clube grego agradou muito o clube paulista e facilitou no fechamento de contrato. O Panathinaikos arcará com 100% dos salários do jogador durante o período de empréstimo, que recebe aproximadamente R$ 200 mil por mês no Corinthians.

Publicidade

Além disso, a negociação fixou um valor de compra de 4 milhões de euros (aproximadamente R$ 24,5 milhões) após o fim do contrato, por 50% dos direitos econômicos de Mateus Vital. A cláusula agradou muito o Corinthians, que possui atualmente 85% do passe do meia, e manterá um ‘bônus’ de 35% dos direitos em negociações futuras.

Publicidade

Com a transação, o clube paulista conseguiu economizar aproximadamente R2,5 milhões em sua folha salarial até junho do ano que vem e, além da possibilidade de venda, receberá parte das negociações futuras do jovem jogador.

Publicidade

Mateus Vital disputou 28 jogos neste ano e é o atual vice artilheiro do clube na temporada com cinco gols marcados, ao lado de Gustavo Mosquito. Os dois jogadores estão atrás somente do atacante Jô, que já marcou sete.

Publicidade
Publicidade
Publicidade