in

São Paulo desiste de Benítez e mais três devem sair nos próximos meses em barca tricolor

Clube precisa aliviar sua folha salarial depois das últimas contratações no final da janela.

REPRODUÇÃO/PREMIERE

O São Paulo anunciou as contratações de Gabriel Neves e Calleri na última segunda-feira (30/08) em uma operação de última hora ao fechar da janela de transferências. Os dois jogadores chegaram por empréstimo de um ano e meio com opção de compra em definitivo no final de 2022. 

Publicidade

No entanto, alguns jogadores não devem no clube  ficar para o ano que vem. Com situação financeira delicada, o São Paulo não deve exercer a compra de outros atletas no atual elenco, como o argentino Martin Benítez, que caiu nas graças da torcida durante o campeonato paulista, mas que desde então vem apresentando problemas físicos, sendo muito pouco utilizado pelo técnico Hernán Crespo. 

Para ficar com Benítez, o clube teria que arcar no final do ano com uma dívida de US$ 3,2 milhões (cerca de R$ 16,4 milhões), valor da compra em definitivo do meia argentino. Como o custo-benefício do atleta tem sido abaixo do esperado, o clube não deve fazer esse investimento.

Publicidade

Nesse pacote estão inclusos outros dois estrangeiros, que também estão com seus contratos chegando ao fim. Um deles é o equatoriano Rojas, que se recuperou de lesão nesse ano, mas quase não é utilizado. O outro é o jovem Galeano, que está no São Paulo por empréstimo e o clube teria que investir US$ 1 milhão (cerca de R$ 5,1 milhões na cotação atual) para ficar com ele em definitivo.

Publicidade

O outro atleta que deve sair do São Paulo no final do ano é o lateral direito Daniel Alves, o que seria um grande alívio para a folha salarial do clube. A diretoria já iniciou uma negociação com o atleta para sua saída no final do ano.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Jean Marangoni

Influenciador digital responsável pelas páginas 'Mussum Sinceris' nas redes sociais, trabalho também com jornalismo online há 3 anos. Para sugestões entre em contato: jeanmarangoni@gmail.com