in

Equipes brasileiras da bocha sofrem derrotas em Tóquio

Times do Brasil voltam a jogar na madrugada desta quinta.

© Fabio Takuma/CPB/Direitos Reservados

As equipes brasileiras de bocha perderam suas partidas na noite desta quarta-feira (1), pela fase de grupos da Paralimpíada de Tóquio (Japão). A equipe brasileira da classe BC1/BC2 (formada por Andreza de Oliveira, José Carlos Chagas, Maciel Santos e Natali de Faria, sendo um deles reserva) perdeu para o time de Portugal por 9 a 2.

Publicidade

Já a dupla brasileira da classe BC4 perdeu para a Eslováquia por 7 a 3. O Brasil saiu atrás, chegou a empatar, mas sofreu 4 pontos na reta final da partida. O time brasileiro conta com Eliseu dos Santos, Ercileide da Silva e Marcelo dos Santos, sendo um deles reserva.

A próxima partida da equipe brasileira BC1/BC2 será contra a Eslováquia, às 6h05 (horário de Brasília) desta quinta-feira (2). Já o próximo compromisso da dupla BC4 será contra o Reino Unido, às 2h25.

Publicidade

O Brasil já conquistou duas medalhas na bocha, em disputas individuais. Tanto José Carlos Chagas como Maciel Santos ganharam o bronze.

Publicidade

A bocha paralímpica é praticada por atletas com grau severo de comprometimento físico-motor, oriundo de uma paralisia cerebral elevada ou lesões medulares. O objetivo da bocha é lançar bolas coloridas (vermelhas ou azuis) em direção a uma branca, idêntica em tamanho e peso (280 gramas), de nome jack, em uma quadra de 12,5 metros de comprimento por seis metros de largura. O atleta que deixar a esfera mais próxima da branca ao final da rodada soma um ponto, aumentando a pontuação a cada outra bola que estiver mais perto da jack que as do adversário.

Publicidade


Publicado em 02/09/2021 – 01:25 Por Marcelo Brandão – Repórter da Agência Brasil – Brasília


Edição: Fábio Lisboa

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Agência Brasil

Agência pública de notícias da EBC. Informações sobre política, economia, educação, direitos humanos e outros assuntos.