in

De quem o Grêmio depende para deixar o Z4? Sair da zona de rebaixamento pode estar mais fácil do que parece

Após uma sequência de derrotas o Grêmio contina na zona de rebaixamento do Brasileirão.

Coluna do Fla / Grêmio.Net

O Grêmio amarga a décima oitava posição na tabela do Campeonato Brasileiro de Futebol. Com apenas 16 pontos, o time comandado por Felipão tem uma árdua batalha para se recuperar na competição e dar um pouco de confiança e fôlego para a torcida gremista.

Publicidade

O Imortal está com dois jogos a menos do que a maioria dos clubes que disputam o Campeonato Brasileiro, porém, isso significa que o time não está tão mal quanto parece. Se o time tivesse enfrentado tais clubes em meio à crise em campo, seria mais difícil vencer e dessa forma não teria como recuperar esses pontos.

Então sair da zona de rebaixamento pode estar mais fácil do que parece, considerando essas partidas que se pode recuperar ainda. Caso o clube vença essas partidas atrasadas, serão seis pontos a mais e aí a subida na tabela é certo.

Publicidade

De quem o Grêmio depende para deixar o temido Z4? A resposta é que o clube não depende de ninguém, somente dele mesmo. Vencendo essas partidas o clube se recupera na tabela, porém, essa seria uma tarefa um tanto quanto complicada. Isso se deve ao fato de que os jogos atrasados do clube são contra o Flamengo, de Renato Gaúcho, e o Atlético-MG, equipes que estão fortes na disputa e não entregarão esses pontos de forma fácil.

Publicidade

Como o clube depende apenas dele, os gremistas precisam torcer por essa vitória, mas também fazer a torcida para que os adversários tropecem nas próximas rodadas. Para sair da zona de rebaixamento, o clube precisa de cinco pontos, vencendo os dois atrasados serão seis pontos somados. A retomada do Campeonato Brasileiro a partir deste final de semana será crucial para o clube.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Nado Calegari

Sou formado em Sistemas de Informação com pós-graduação em Gerenciamento de Projetos em T.I. Além de atuar como programador há 10 anos, trabalho também como redator há cerca de 4 anos, o que fez despertar uma nova paixão e hoje também sou graduado em Letras - Português e Inglês. Escrevo sobre tudo o que envolve o mundo do entretenimento, além de falar sobre esportes e as principais notícias do dia a dia. Pode entrar em contato comigo através do e-mail nado_news@hotmail.com .