in

Setembro é crucial para Atlético-MG e pode render R$38 milhões para o clube

O clube mineiro fará duas ‘finais’ no mês de setembro, que podem garantir bolada para os cofres da equipe.

Divulgação/Pedro Souza + Site oficial do Atlético-MG

O Atlético-MG segue firme na sua preparação para os próximos compromissos e tenta acertar os últimos detalhes do elenco durante a pausa para as Eliminatórias da Copa do Mundo. O mês de setembro será crucial para o time mineiro, que deve definir seu futuro em duas das principais competições da temporada e pode render um bolada milionária para os cofres da equipe.

Publicidade

Durante o mês de setembro, o Galo irá definir seu futuro na Copa do Brasil e na Libertadores da América, podendo arrecadar até R$38 milhões com premiação em caso de classificação nas duas competições. Além disso, as classificações abrem espaço para que o time mineiro possa conseguir mais premiações no futuro.

No próximo dia 15, o Atlético-MG irá enfrentar sua primeiro ‘final’ do mês e receberá o Fluminense, no estádio do Mineirão, para o segundo jogo das quartas de final da Copa do Brasil. O Galo conseguiu uma importante vantagem no primeiro jogo no Rio de Janeiro, vencendo a partida por 2 a 1 e precisando apenas de um empate para se classificar. Com a classificação para a semifinal, o time mineiro receberá mais R$ 7,3 milhões de premiação na competição.

Publicidade

Logo após a decisão pela Copa do Brasil, o Atlético irá começar o duelo contra o Palmeiras pela semifinal da Libertadores. Os duelos pela competição acontecerão no dia 21 e 29 desse mês, sendo o primeiro jogo em São Paulo e o segundo em Belo Horizonte. O clube que se classificar garantirá mais US$ 6 milhões (aproximadamente de R$ 31 milhões) como prêmio pelo vice-campeonato e poderá brigar pelo título, além de lutar pela premiação de US$ 15 milhões (em torno de R$ 77 milhões) paga ao campeão.

Publicidade

O time mineiro já garantiu aproximadamente R$ 48 milhões em prêmios nas competições de 2021, sendo R$ 7,85 milhões na Copa do Brasil e R$40 milhões na Libertadores. Além disso, o Atlético-MG está liderando o Campeonato Brasileiro com folga e faz uma temporada praticamente perfeita.

Publicidade

Segundo Rafael Menin, um dos 4R’s que auxiliam o clube, o clube mineiro já atingiu as premiações mínimas planejadas para o ano de 2021, mas declarou que o alvo agora é conseguir um bom lucro em relação ao planejamento feito no orçamento.

Publicidade
Publicidade
Publicidade