in

Jogador do Corinthians afastado por ofensa racista não deve ser reintegrado ao elenco

Jogador segue se recuperando de grave lesão no joelho e tem situação indefinida no Corinthians.

Reprodução/Corinthians TV

O Corinthians tem chamado a atenção da imprensa esportiva nas últimas semanas e ganhado destaque após movimentações no mercado da bola. Além das contratações de peso na última janela, o time paulista está em constante ascensão no Campeonato Brasileiro e já encostou de vez no sonhado G4 da competição.

Publicidade

No entanto, o clube ainda tem tentado resolver alguns problemas dentro e fora de campo para acertar os últimos detalhes para o restante da temporada. O jogador Danilo Avelar, que foi afastado do elenco em junho desse ano, ainda tem sua situação indefinida e não deve ser reintegrado ao elenco principal do clube.

O jogador foi titular como lateral durante a temporada de 2019 e se tornou zagueiro após a chegada do técnico Tiago Nunes ao Corinthians, realizando bons jogos na nova posição, porém, acabou sofrendo uma grave lesão no joelho em outubro de 2020 e está afastado dos gramadas desde então.

Publicidade

Avelar se envolveu uma polêmica na rede social Twitch em junho deste ano e acabou afastado do elenco paulista após proferir algumas ofensas racistas a um usuário da plataforma. A diretoria corintiana chegou a cogitar a rescisão do contrato após a polêmica, mas esbarrou na multa rescisória. Para rescindir o contrato, a diretoria teria que pagar R$7 milhões de multa. 

Publicidade

Segundo Yago Rudá, do UOL, o time paulista não chegou a procurar Danilo Avelar para uma possível reintegração ao elenco. Além disso, há rumores dentro da diretoria que dizem que a ideia do clube é não dar um segunda chance ao jogador, que tem treinado separadamente e se recupera de uma grave lesão do joelho.

Publicidade

Publicidade
Publicidade
Publicidade