in

Estrangeiros no São Paulo: jornalista conta plano para resolver excesso de gringos

Jorge Nicola revelou a situação atual dos estrangeiros no São Paulo e quem pode sair.

Digulgação/Rubens Chiri + Site oficial do São Paulo FC

A diretoria do São Paulo trabalhou bastante na última janela de transferências internacionais para trazer bons reforços ao time, buscando uma recuperação no Campeonato Brasileiro e a classificação para as semifinais da Copa do Brasil. O tricolor paulista está apenas na 14ª posição do Brasileirão e possui 22 pontos após 19 partidas realizadas.

Publicidade

As chegadas de alguns reforços de peso no fim do mês de agosto, como Jonathan Calleri e Gabriel Neves, animou muito a torcida do time. Porém, o clube começou a se preocupar com a quantidade de estrangeiros no elenco atual, já que a CBF só permite a escalação de 5 estrangeiros por partida.  

Com 8 jogadores estrangeiros no elenco, o São Paulo já começou a se planejar para a saída de alguns “gringos” e vários rumores começaram a surgir na imprensa esportiva nacional. Os atacantes Galeano (Paraguai) e Joao Rojas (Equador) são os mais cogitados para deixarem o clube paulista até o fim da temporada. 

Publicidade

O jornalista Jorge Nicola relatou alguns planos do São Paulo e o possível desfecho das negociações, afirmando que os dois atacantes citados acima dificilmente irão ficar no clube. Além de falta de espaço no elenco atual, os dois jogadores possuem vínculo com o tricolor paulista somente até o fim da temporada e devem ser liberados.

Publicidade

Situação dos outros ‘Gringos’

Orejuela: o lateral chegou ao clube em 2020 e foi uma dos maiores investimentos do clube paulista, mas ainda não se firmou como titular. Porém, deve continuar no elenco caso Daniel Alves deixe o time.

Publicidade

Rigoni: o meia-atacante chegou acanhado ao clube e logo mostrou todo seu potencial, além de ganhar a graça da torcida e deve continuar no elenco.

Benítez: é o estrangeiro com a situação mais indefinida atualmente. O meia tem colecionado bons momentos dentro de campo, mas tem lutado contra muitas lesões na temporada. Além disso, para continuar no time é preciso que o São Paulo exerça a opção de compra de U$ 3.2 milhões (aproximadamente R$ 16.6 milhões).

Arboleda: O jogador é considerado essencial para o restante da temporada e sua saída é 100% descartada pela diretoria. Além disso, o zagueiro iniciou o processo de retirada do passaporte brasileiro e pode liberar uma das vagas de estrangeiros no clube.

Publicidade
Publicidade
Publicidade