in

Atlético-MG projeta lucro de mais de 70 milhões com construção de supermercado e prédio

A diretoria do Atlético-MG vem tentando mudar a saúde financeira do clube com novos empreendimentos.

BRUNO CANTINI/DIVULGAÇÃO SITE OFICIAL DO ATLÉTICO-MG

O Atlético-MG vem tentando mudar sua perspectiva nos últimos anos. Com a ajuda de empresários, a diretoria alvinegra quer converter um time com mais de um bilhão em dívidas em um clube autossustentável. Para isso acontecer, novas formas de receitas estão sendo criadas.

Publicidade

Dívidas e ajuda de empresários no Atlético-MG

No início do ano passado, o time do Atlético-MG estava encarando uma grave crise financeira. Com a chegada de Sampaoli, o empresário bilionário Rubens Menin resolveu investir dezenas de milhões em montar uma equipe mais forte. Com várias contratações, o Galo chegou a ficar na 3ª colocação do Campeonato Brasileiro.

Nesta temporada também não foi diferente, pois várias contratações foram realizadas com a ajuda de empresários. Além de contratações, uma gestão mais eficiente começou a ser executada. Pagamento de dívidas na FIFA, novas receitas, construção de um novo estádio e algumas demissões foram feitas para tentar manter as contas em dia.

Publicidade

Atlético-MG quer construir supermercado e prédio

Agora, o Atlético-MG está querendo dar um novo passo para gerar mais receitas. A diretoria alvinegra quer utilizar um terreno na região da Pampulha, local nobre de Belo Horizonte, para criar um supermercado.

Publicidade

A diretoria acredita que irá gastar 9 milhões na construção do edifício e que irá conseguir 23,6 milhões de reais ao realizar a concessão do local por 20 anos. Dessa forma restaria 14,6 milhões para os cofres do Galo.

Publicidade

Outro empreendimento é a construção de um prédio no local onde fica a loja oficial do clube, no bairro Lourdes. Segundo o projeto, a construção terá 21 andares e 126 apartamentos. A ideia é que o Atlético-MG recebe entre 50 e 60 milhões de reais.

Publicidade
Publicidade
Publicidade