in

Grêmio vai ao STJD contra o Flamengo para tentar barrar público na Copa do Brasil

O departamento jurídico trabalha para derrubar a liminar concedida pelo tribunal desportivo.

Digulgação/Lucas Uebel + Instagram oficial do Grêmio

O Grêmio segue firme na preparação para o compromisso dessa quarta-feira (15) pela Copa do Brasil, buscando reverter uma diferença gigantesca conseguida pelo Flamengo. O tricolor gaúcho foi derrotado por 4 a 0 em casa no primeiro jogo das quartas de final da competição, mas ainda não jogou a toalha.

Publicidade

No entanto, a briga entre os dois clubes não se resume aos embates dentro de campo. O clube gaúcho recebeu a resposta da CBF da consulta feita sobre o público no Maracanã, durante o próximo jogo com o Flamengo pela Copa do Brasil. Após recusa da CBF em barrar o público, o Grêmio decidiu acionar o STJD para tentar evitar a presença de torcedores na partida.

Decisão da CBF sobre público nos estádios

Segundo relato de futebol Marcos Herrmann, conselheiro de futebol gremista, a CBF acabou se isentando sobre o caso e não irá tomar nenhuma atitude para barrar a torcida no Maracanã. Além disso, ressaltou que já existe uma decisão do STJD que libera a presença de público no estádio carioca. 

Publicidade

Grêmio aciona STJD

Diante da inércia da CBF, O Grêmio decidiu acionar o STJD sobre o caso e tenta derrubar a liminar favorável ao Flamengo, que foi concedida pelo presidente do tribunal desportivo Otávio Noronha. A informação sobre a ação no tribunal foi confirmada pelo GE, após publicação da GaúchaZH.

Publicidade

O tricolor gaúcho defende que não haja torcida no jogo de quarta-feira (15), já que a primeira partida não teve público. O clube se baseia no protocolo de “volta ao público aos estádios” apresentado pela CBF e aceito pelos clubes, que veda a presença de torcida caso uma das equipes não tenha liberação das autoridades sanitárias.

Publicidade

Liminar do Flamengo conseguida pelo STJD

O Flamengo acionou o tribunal para conseguir a volta da torcida para as partidas no Maracanã e conseguiu autorização do STJD para jogar com público. A decisão foi tomada mesmo contra a vontade da CBF e da maioria dos times que estão disputando as competições nacionais.

Com a liminar, a prefeitura do Rio de Janeiro divulgou que fará três testes em jogos do Flamengo, visando saber a segurança na liberação do público. 

Publicidade
Publicidade
Publicidade