in

Benítez ganha nova chance no São Paulo e presidente abre o jogo se o jogador fica ou não pro ano que vem

Jogador será titular na partida decisiva contra o Fortaleza pela Copa do Brasil.

REPRODUÇÃO/PREMIERE

Com dificuldades para entrar em forma, o meia Benítez vem sendo pouco utilizado pelo técnico Hernán Crespo desde o término do Campeonato Paulista. No último domingo (12/09), o São Paulo entrou em campo contra o Fluminense após duas semanas sem jogos. Mesmo com esse período de folga, o argentino iniciou a partida no banco de reservas e só entrou no segundo tempo.

Publicidade

No entanto, os treinos dessa terça-feira mostraram que Crespo estava poupando o meia para a partida decisiva de quarta-feira contra o Fortaleza pela Copa do Brasil. Benítez treinou no time titular, assim como o atacante Eder, que nem entrou em campo no último jogo.

Muito se especulou nos últimos meses que o São Paulo não exerceria sua opção de compra em dezembro, quando termina o contrato de empréstimo de Benítez. As altas cifras que constam no contrato do jogador e o baixo custo benefício que ele entregou durante o segundo semestre são grandes indícios que o clube não faria o investimento. 

Publicidade

A crise financeira vivida pelo São Paulo também pode pesar, no entanto, em entrevista ao jornalista Menon, o presidente Júlio Casares deu um pouco de esperança aos torcedores que gostam do futebol de Benítez. Segundo Casares, a ideia do clube é negociar e empurrar a conta para abril e contratar em definitivo não só Benítez, mas também o atacante Galeano.

Publicidade

Para ficar com Galeano, o São Paulo terá que pagar 1 milhão de dólares. O meia Benítez sairá ainda mais caro para os cofres tricolores, custando 3 milhões de dólares. O presidente garantiu que quer ficar com os dois, mas se não der certo, pelo menos um deles será contratado em definitivo pelo clube.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Jean Marangoni

Influenciador digital responsável pelas páginas 'Mussum Sinceris' nas redes sociais, trabalho também com jornalismo online há 3 anos. Para sugestões entre em contato: jeanmarangoni@gmail.com