in

Hamburg Open: Andrey Rublev vai em busca do primeiro título de ATP 500 contra Basilashvili

Aos 21 anos, Andrey Rublev chega pela primeira vez a uma final de ATP 500 na carreira. Um resultado um tanto quanto inesperado para ele. O russo planejava voar nesta sexta-feira (26) para Washington, onde disputa torneio da próxima semana. “Felizmente”, disse o tenista, as passagens precisaram ser mudadas. E se a vitória nas quartas de final contra Dominic Thiem na quadra de Rothenbaumfoi uma surpresa, a da semifinal contra Pablo Carreno Busta foi o deleite.

Publicidade

A chance de poder disputar o último jogo do Hamburg Open não chegou fácil para Rublev. Pablo Carreno Busta começou melhor a partida e venceu o primeiro set. Foi o primeiro a quebrar o serviço do adversário também no segundo. Mas na disputa de quem conseguia estragar mais o game do adversário, o russo foi superior. Três quebras contra duas de Busta para levar a partida para o terceiro set. 

Após essa perda, Pablo não conseguiu voltar para o jogo. Já Rublev, passeou e venceu fácil os últimos games. Final 4-6, 7-5, 6-1. “Eu não sei como eu fiz isso. Eu joguei bem nos momentos importantes. Tudo aconteceu tão rapidamente na quadra, eu estou apenas feliz “, comemorou o jogador. É importante lembrar que Rublev voltou há poucas semanas de lesão no pulso, e está com problemas em seu braço direito. Mas garante que durante o jogo, nada o está afetando. 

Publicidade

Em busca de seu maior título

Publicidade

O campeão de singles Rothenbaum receberá uma premiação de cerca de R$1.400.000,00
em dinheiro, além de 500 pontos no ranking da ATP. Para Andrey Rublev, este seria o maior prêmio da carreira até aqui. A primeira e única vez que o russo ergueu um troféu no circuito da ATP foi em 2017, no 250 de Umag, na Croácia. Além disso, esta será a primeira final do número 78 do mundo desde a disputa contra francês Gael Monfils em Doha, no começo do ano passado.

Publicidade

Rublev x Basilashvili

A única vez em que Andrey Rublev e Basilashvili se enfrentaram foi ainda nesta temporada. No Qatar Open, o georgiano venceu por dois sets a zero, com o placar de 6-3, 6-4.

Publicidade
Publicidade
Publicidade